Cerca de 50 casais dirão “sim” no Casamento Social 2017 em Juscimeira

mais de 158 mil veículos devem passar pela br-163 durante o réveillon



Está chegando o grande dia para aqueles casais que querem consolidar legalmente suas uniões. Em Juscimeira, as inscrições para o Casamento Social 2017 são limitadas e podem ser feitas na Secretaria de Desenvolvimento Social. A realização é uma parceria entre o Executivo Municipal, Governo do Estado e Poder Judiciário.

Segundo a secretária Silvani Gomes da Silva Santos, o Casamento Social, mais conhecido como ‘casamento comunitário’, é oferecido a casais que tem uma renda de até três salários mínimos, os quais terão todos os serviços e taxas disponibilizados gratuitamente, além da grande cerimônia coletiva.

“Os documentos necessários para entrar no Casamento Social são: Certidão de Nascimento, Carteira de identidade, CPF e comprovante de residência./ Para os divorciados é preciso a certidão de casamento com a sentença do divórcio. Já os viúvos é preciso apresentar a certidão de casamento mais averbação de óbito”, explica a secretária.

De acordo com o secretário adjunto de Desenvolvimento Social, Lucas França, a previsão é que 50 casais digam sim no Casamento Social. Já foram preenchidas cerca de 30 inscrições.