Cerca de 1400 quilos de pescado apreendido são doados pela Polícia Civil para entidades assistenciais

cerca de 1400 quilos de pescado apreendido são doados pela polícia civil para entidades assistenciais

Oito entidades filantrópicas e assistenciais de Cuiabá receberam, na última quinta-feira (24), mais de uma tonelada de peixes apreendidos de forma irregular, nos últimos dois dias, na operação “Over Fishing” deflagrada Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), inserida da operação da Secretaria de Segurança Pública, “Carga Máxima”, de combate a criminalidade em todo Estado de Mato Grosso.
Os peixes foram apreendidos em ações realizadas na terça e quarta-feira, em que duas pessoas foram flagradas transportando cargas de pescado irregular. A apreensão, de uma carreta com carga de aproximadamente 1200 quilos de pescado da espécie tabatinga, aconteceu no na terça-feira (22), no bairro Grande Terceiro na Capital.
Abordado pela equipe de policiais da Dema, o motorista do veículo, Armando Nazareno Leite de Oliveira, 49, apresentou uma autorização de pesca falsa. Na manhã de quarta-feira (23), quase 200 quilos de peixe, sendo 136, 4 de tambacu e 44, 4 de matrinxã, foram apreendidos, na Avenida Miguel Sutil, em posse do suspeito, Márcio Fábio Correa, 38.
As instituições beneficiadas com a doação foram a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, Hospital do Câncer, Igreja Diamantino, Capela Sucuri, Cena 11, Casa da Benção – Cara Limpa, Cristo Servo, Centro Espirita – Conceição.
O delegado titular da Dema, Gianmarco Paccola Capoani, explicou que a doação de pescados apreendidos está prevista na lei ambiental que prevê a destinação a entidades assistenciais sem fins lucrativos.
“Nos últimos dois dias a delegacia do meio ambiente realizou a apreensão de aproximadamente 1400 quilos de pescado irregular, esse material foi doado as instituições filantrópicas conforme a previsão legal. As ações continuarão e esperamos fazer novas doações a essas entidades beneficentes”, disse o delegado.