Centro dia é a nova alternativa para os idosos

Redação PH

Redação PH

ministério da saúde convoca o cidadão para que no novo ano o combate ao mosquito faça parte da rotina

Centro dia é a nova alternativa para os idosos

A expectativa de vida da população mundial aumentou muito, e no Brasil já temos mais de 23 milhões de pessoas acima dos 60 anos.

Com esse fenômeno, surgiram no mercado várias modalidades de assistência ao idoso, entre elas os Centros dia, que são centros especializados onde o idoso pode passar o seu dia, realizando diversas atividades supervisionadas.

Aquele idoso que não pode ficar em casa sozinho, cujos filhos trabalham, ou que está muito solitário, é o perfil ideal para frequentar um Centro dia.

“Trata-se de um serviço que visa essencialmente oferecer estimulação cognitiva e a prática de exercícios físicos, além de trazer o idoso ao convívio social novamente”, explica o geriatra Denis Milanello, coordenador do Centro dia do Espaço Più Vita, em Cuiabá/MT.

Através de uma equipe multiprofissional, atividades variadas são desenvolvidas em grupo no Centro dia, entre elas oficinas de memória e de culinária, artesanato, dança senior, aula de fortalecimento muscular, hidroginástica e até aulas de inclusão digital e de espanhol.

“Uma avaliação inicial é realizada pelo geriatra a fim de se caracterizar bem o perfil funcional e cognitivo do idoso, além de se levantar suas necessidades e aptidões”, explica o médico.

“A preservação da autonomia e da independência do idoso, pelo máximo de tempo possível, são um dos objetivos do Centro dia”, relata a educadora física especialista em Gerontologia Roseane Muniz.

Um exemplo é a dona Terezinha, de 83 anos, que já frequenta o Centro dia há mais de 6 meses. Ela vem todos os dias, de segunda à sexta-feira, e suas atividades preferidas são a dança sênior e a aula de fortalecimento muscular.

“A vida da minha mãe mudou radicalmente após ela começar a frequentar o Centro dia. Houve melhora do comportamento, do humor e de sua autoestima, e eu fico muito tranquila quando ela está aqui”, conta sua filha Zozima.

“Os cuidados direcionados ao idoso proporcionam de fato segurança a ele e a seus familiares, e quem chega aqui sempre se sente muito acolhido”, afirma a gerontóloga Roseane.

“Além de todos esses benefícios, o Centro dia permite que o idoso mantenha seus lanços familiares intactos, já que no final do dia ele volta para casa”, explica o geriatra.

Entre os especialistas envolvidos com o envelhecimento, é mais vantajoso financeiramente ainda manter um idoso no Centro dia do que mantê-lo com cuidadores em domicílio.

“Sem levar em conta que o cuidador domiciliar somente cuida e executa as atividades de rotina, como alimentação e higiene. E no Centro dia, além disso tudo, o idoso é estimulado o tempo todo”, ressalta o Dr Milanello.

“Todo mundo precisa de um lugar assim. As pessoas precisam de atenção e carinho”, afirma a filha da dona Terezinha.

+ Acessados

Veja Também