CDL emite nota contra ações impostas as lojistas de Rondonópolis

A CDL de Rondonópolis acaba de enviar um comunica a imprensa, afirmando contrariedade aos acontecimentos da manhãs desta terça-feira (13), no comércio de Rondonópolis.

Nota

A CDL de Rondonópolis lamenta profundamente as ações impostas contra os lojistas, empresários e colaboradores, na manhã desta terça-feira (13), principalmente por parte do Poder Público.

Quanto à atuação da Policia Militar, reconhecemos que esta apenas cumpre seu papel, subordinada às decisões do Governo Estadual. Por isso, em nenhum momento nos posicionamos contrários a esta instituição.

Pedimos, entretanto, que haja sensibilidade junto a cada ação. O comércio, as atividades produtivas e todos os que hoje lutam pelo direito -basico- de exercer seu trabalho não são os vilões desta história triste que estamos vivenciando em Rondonópolis e tantos outros municípios desta Estado e país.

O fato é que as ações do(s) governo(s) são as causadoras deste impacto. Sobre Rondonópolis, nosso lamento se estende à contradição nos entendimentos publicados em forma de Decretos. Tais divergências dão brechas paras tratativas diferentes em cidades vizinhas, no que diz respeito a abertura ou fechamento das atividades. Isto não está certo.

Rondonópolis é uma cidade polo econômico e de Saúde. Somos o terceiro maior município deste Estado e temos que ser tratados como tal, tanto nos investimentos quanto no critério e celeridade da atualização desta classificação de risco que foi imposta pelo Governo do Estado. Com a abertura de leitos, com investimentos na estrutura hospitalar para atender nossa população e a de toda a região Sudeste, nossos trabalhadores podem exercer seu ofício.

A CDL respeita as decisões dos Poderes, mas defende, em primeiro lugar, o apelo das categorias que seguem pagando sozinhas a conta da pandemia.

Nesta balança desequilibrada, a injustiça, inevitavelmente, acontece. É triste!

A CDL reitera seu compromisso pela vida e preservação dos empregos e renda da população rondonopolitana.

Thiago Sperança – Presidente da CDL de Rondonópolis