Carteira de pescador amador não será emitida durante Caravana

consumo das festas de final de ano aumentam a produção de resíduos na capital

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) informa que não será emitida a carteira de pescador amador durante a Caravana da Transformação, que iniciou nesta terça-feira (17.10) e segue até o dia 27 deste mês,no município de Tangará da Serra (242 km de Cuiabá).

Conforme o coordenador de Descentralização da Sema, Arnaldo Dorilêo, a emissão do documento está interrompida desde o dia 1° de outubro devido ao início do período de proibição à pesca, com retorno marcado para após o dia 31 de janeiro de 2018, quando encerra a piracema em Mato Grosso.

Apesar de não haver emissão da carteira, a equipe da Sema estará na Caravana de quinta-feira (19.10) até sábado (21.10) com diversos serviços ambientais. Haverá atendimento técnico ao público e distribuição de mudas. A ouvidoria do órgão também estará no evento para registrar as denúncias da população e tirar dúvidas na área ambiental.

A proposta é orientar a população de Tangará da Serra e dos municípios adjacentes sobre a importância das questões ambientais. “Estaremos levando a princípio, saúde, cidadania e demais atividades que o Governo oferece à população”, pontua Arnaldo.

Fortalecimento da gestão ambiental

Com o objetivo de oferecer melhor qualidade na prestação de serviços voltados à gestão ambiental na região Sudoeste do Estado, a unidade regional da Sema do município de Tangará da Serra recebeu neste ano quatro veículos, duas 0 Mitsubishi L-200 com tração 4×4, um Volkswagen Gol e um barco com motor. A aquisição integra o projeto Mato Grosso Sustentável, que garantirá R$ 35 milhões em investimentos, por meio do Fundo Amazônia.