‘Carro-aranha’ começa a ser vendido no final do ano

'carro-aranha' começa a ser vendido no final do ano



Um novo veículo elétrico está pronto para enfrentar os piores terrenos pelo mundo. Com braços independentes, o "Swincar" lembra mais uma aranha pelo modo de andar e entrará em produção no final de outubro, segundo a fabricante francesa Mecanroc.
"A ideia nasceu ao ver pessoas descendo montanhas com veículos mais ou menos impróprios. A primeira ideia foi fazer um apenas para descer, não motorizado, com a capacidade de virar e a estabilidade que evitasse o capotamento", afirmou à Reuters Thierry Jammes, um dos criadores do modelo.
O design ficou por conta do arquiteto francês Pascal Rambaud. Cada roda é movida por um motor elétrico e tem suspensão independente, que permite uma enorme movimentação do braço, enquanto o assento do motorista fica praticamente imóvel.
A empresa afirma que o "carro-aranha" consegue escalar montanhas de até 70% de inclinação. A velocidade máxima do modelo, que pesa apenas 150 kg, é de 40 km/h. Um quadriciclo normal chega a velocidades superiores, mas com motor a combustão.
O Swincar começa a ser vendido no final do ano e já tem pedidos principalmente dos Estados Unidos, onde eles serão usados por empresas que promovem passeios na natureza.
No entanto, a Mecanroc também pensou no "carro-aranha" como uma opção para pessoas com mobilidade reduzida, como uma cadeira de rodas um pouco mais radical.