Carnaval 2019: Sabrina Sato, a rainha da Gaviões da Fiel

Reprodução/Instagram

Sabrina Sato terá um gostinho mais do que especial no Carnaval de 2019. Será sua primeira vez desfilando depois de dar à luz sua primeira filha, Zoe, nascida em novembro do ano passado. O ano também marca uma outra primeira vez que promete ser inesquecível: será a primeira vez da apresentadora como Rainha da Gaviões da Fiel.

“É muito diferente vivenciar o Carnaval como mãe. A emoção é dobrada, o trabalho é dobrado e agora tudo é a Zoe primeiro. Faço todo um esquema para que ela nem perceba que eu saí de casa. Eu tenho que ir e voltar sem ela notar que eu saí. Tiro leite, já que ela mama bastante, 180 ml em cada mamada”, conta Sabrina.

Há quinze anos representando a Gaviões da Fiel na avenida, será a primeira vez de Sabrina como Rainha de Bateria da escola. A apresentadora não esconde o carinho que sente pela agremiação. “É muita emoção ser rainha da Gaviões. Eu tenho 15 anos de escola. Fui feliz em todos os lugares que desfilei lá: em cima do carro, como musa, como madrinha e agora como rainha. É claro que tem uma emoção muito grande ser rainha, porque eu fui coroada quando estava grávida. E isto prova como filho vem para somar. Tenho certeza que será especial”, festeja.

O samba-enredo da Gaviões da Fiel em 2019 é uma reedição do samba de 1994, composto por Janos Tsukalas (Grego) e Vladimir Moura Leite (Magal). E o intérprete Ernesto Teixeira dá voz à canção. Confira a letra completa:

A saliva do santo e o veneno da serpente

É meu santo é forte
Não adianta me picar
Sou Gavião e você pode acreditar
Que não aceito traição
E o veneno da serpente
Eu transformo em semente
É o tabaco em plantação
Erva santa curou dores
Seduziu com seus sabores
Café e rapé em Paris
A nobreza aspirava
E ficava mais feliz
Vou, vou pra Bahia
Acende a chama
No terreiro de Iá Iá
É a força da magia
Que me arrepia
E se espalha pelo ar
Saravá, saravá
Salve o santo guerreiro
E uma vela prá saudar
Meu São Jorge padroeiro
Mulher, mulher, mulher
Quem te viu e quem te vê
O que embaça se perdeu virou fumaça
Liberdade pra você
É um raro prazer
Sabor de emoção
Mais não abuse
Que faz mal pro coração (e pro pulmão)