Cantor acusado de matar turista tem habeas corpus negado

Reprodução



O ex-integrante do grupo de pagode Karametade, Valterson Ferreira Cantuária, conhecido como Toddy Cantuária, teve o habeas corpus negado pela 1º Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. As informações são do jornal O Globo.

O cantor é acusado junto com mais três homens de ter participado da morte do turista argentino Matías Sebástian Carena, de 28 anos, durante uma briga entre brasileiros e argentinos na saída de uma casa noturna em Ipanema.

O crime aconteceu na madrugada de 26 de março de 2017. Após o ocorrido, Valterson teria fugido para Madrid, na Espanha, e de lá foi para Paris, capital francesa, onde foi encontrado e preso em agosto do mesmo ano.

Matías Sebástian Carena tinha 28 anos e era jogador de um clube da primeira divisão de futsal argentino. (Foto: Reprodução/Twitter)