Campanha contra a Influenza é prorrogada e Rondonópolis vai atender público específico na próxima quinta-feira

Tomaz Silva/Agência Brasil

A baixa procura de alguns públicos pela vacina contra o vírus Influenza A levou o Ministério da Saúde (MS) a prorrogar a campanha em todo o Brasil. As unidades de saúde vão aplicar a vacina até o dia 30 de junho. Em Rondonópolis os postos de saúde continuam atendendo e a Secretaria Municipal de Saúde reservou novamente um dia específico para atender os professores e adultos de 55 a 59 anos.

Na próxima quinta-feira (04) os profissionais da Saúde vão estar na Escola Estadual Major Otávio Pitaluga (Eemop) para aplicar as doses exclusivamente em professores da rede pública e privada, de todos os níveis de ensino, e também nos adultos que estejam na faixa etária dos 55 a 59 anos, público que apresentou baixa procura pela vacina.

O atendimento especial para os professores e os adultos atende as exigências de medidas de proteção e distanciamento social para evitar aglomerações nas unidades de saúde e com isso manter a segurança da população.

A preocupação não é só do MS mas também dos gestores da Saúde do município. A gerente do Departamento de Saúde Coletiva de Rondonópolis, Gil Machado, alerta que muita gente ainda não foi nas unidades para receber a dose da vacina e nem levou seus filhos, por isso a prorrogação foi importante. Ela alerta que as puérperas e as crianças de 11 meses a 5 anos 11 meses e 29 dias devem ir nos PSFs de referência para receber a dose da vacina contra a gripe o quanto antes.

“Mais importante que o cumprimento da meta determinada pelo Ministério da Saúde é deixar a população imunizada e livre dessas doenças. Para isso é imprescindível que as pessoas vão até as unidades de saúde e recebam as doses”, ressaltou Gil Machado.