Câmara reabra discussão sobre criação de comissão de ética

Os vereadores de Rondonópolis reascenderam as discussões em torno da criação de uma comissão de ética na Câmara Municipal. O clima esquentou na sessão de hoje da Câmara de Vereadores para a apreciação de vetos ao projeto que autoriza o município a fazer a renegociação de dívidas fiscais.

O vereador Guinancio reclamou que parlamentares não estão prestando atenção em falas de colegas. Ele ainda disse que há vereadores que ficam assistindo vídeos e ainda fazendo barulho durante as falas. “Isso parece um jardim da infância, isso não é possível”, reclamou o vereador.

João Mototáxi reagiu a fala do vereador Guinancio. “Não estou aqui para ouvir gente gritando no meu ouvido, aqui não tem criança no plenário, acho que temos que criar uma comissão de ética para resolver isso”, disse. Mototáxi não gostou da forma em  que Guinancio se pronunciou.

Guinancio, por outro lado, destacou que apoia e defende que seja criada uma comissão de ética em regime de urgência.