Câmara aprova orçamento com emenda que limita “cheque em branco” ao Executivo

zaeli propõe projeto para melhorar a informatização do sistema da administração púbica municipal
Zaeli apresentou emenda ao orçamento

Os vereadores de Rondonópolis aprovaram em segunda votação, o orçamento para o ano que vem. A proposta será encaminhada ao prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) que pode sancionar ou vetar.

Entre as emendas apresentadas está uma do vereador Rodrigo da Zaeli (PSDB), que prevê que o prefeito possa remanejar sem autorização da Câmara de Vereadores, 1,5% do orçamento. O projeto original previa autorização de 20%. Os vereadores de oposição consideraram o valor um “cheque em branco” para o prefeito.  Além disso, o grupo explicou que a Câmara tem votado, sempre que chamada, os remanejamentos orçamentários.

Caso o prefeito vete o orçamento, a peça retorna à Câmara para nova análise. O legislativo, no entanto, tem até o dia 31 de dezembro para aprovar, se isso não for feito dentro dos prazos, o prefeito poderia ser obrigado a trabalhar em 2020 com o orçamento de 2019.

A Câmara de Vereadores vota na sessão desta quarta-feira (13), em segunda votação, o orçamento para o ano de 2020.  Nesta votação, os vereadores devem analisar além do orçamento , emendas que foram propostas em audiências públicas realizadas pelos parlamentares.

O orçamento da Prefeitura de Rondonópolis para o ano que vem é de pouco mais de um R$ 1 bilhão e 90 milhões de reais.

No entanto, apesar de ter apresentado crescimento, o orçamento é próximo do 2019. Neste ano, o orçamento foi de R$ 1.058.726.572,97 e para o ano que vem é de R$ 1.092.201.000,81.

No ano que vem a saúde continua liderando os gastos, e prevê gastar aproximadamente R$ 293 milhões.

Leia mais sobre o assunto:

Vereadores aprovam orçamento “puro” para 2020 em primeira votação

Vereadores fazem hoje segunda votação para orçamento 2020