Câmara aprova compra do prédio dos Correios pela prefeitura

Redação Primeira Hora com informações do A Tribuna

Redação Primeira Hora com informações do A Tribuna

Câmara aprova compra do prédio dos Correios pela prefeitura

Após intensas negociações e um acordo alcançado, a prefeitura de Rondonópolis obteve aprovação, durante a sessão realizada anteontem (7) na Câmara Municipal, para o projeto que solicitava autorização legislativa para a compra do prédio conhecido como “Correio Velho”. Este edifício, erguido em 1924, foi a antiga sede da Estação de Correios e Telégrafos da cidade, marcada pela presença do Marechal Rondon.

Situado na avenida Marechal Rondon, esquina da Poxoréu, na região histórica do Casario, o prédio, tombado pelo Município em 2022 como Patrimônio Cultural de Rondonópolis, carrega consigo parte significativa da história local.

Leia mais sobre o assunto: Prefeitura deve transformar antigo prédio dos Correios em nova secretaria de Cultura

Inicialmente, o projeto encaminhado pelo prefeito Zé Carlos do Pátio (PSB) previa a transformação do prédio em sede da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), ao invés de um Museu Histórico da Cidade, como anteriormente divulgado.

Entretanto, a proposta enfrentou resistência de alguns vereadores, levando o líder do Executivo na Casa de Leis, vereador Reginaldo Santos (SD), a retirá-la de pauta após perceber que o regime de urgência seria derrubado.

Batista diz que o local vai ter um memorial em homenagem aos pioneiros

Após discussões, o vereador Batista da Coder, morador da região onde o prédio está localizado, revelou: “Fui procurado pelo secretário de Cultura para falar sobre o projeto e ficou acertado que o prédio, além de sediar a Secult, também terá um espaço voltado para a preservação da memória histórica e cultural da cidade, com homenagens às primeiras famílias moradoras da cidade”, s=

Com esta nova diretriz, que assegura a preservação da memória da cidade, os vereadores que questionaram a destinação do prédio retiraram suas objeções, possibilitando a aprovação do projeto.

Fique por dentro das discussões e atualizações sobre esse tema. Acompanhe o Instagram e Twitter do Primeira Hora.

+ Acessados

Veja Também