Câmara ainda não tem data para votar novo plano diretor

Lucas Perrone

Lucas Perrone

Câmara ainda não tem data para votar novo plano diretor

O presidente da Câmara de Vereadores de Rondonópolis, Júnior Mendonça (PT), anunciou que o plano diretor do município não será submetido à segunda votação nesta quarta-feira. O projeto original, de autoria do poder executivo, passou pela primeira votação em 17 de janeiro, mas sua segunda análise foi adiada.

Mendonça explicou  ao  Primeira Hora que a proposta ainda está em fase de maturação e que antes de ser votada, necessita de uma análise minuciosa das mais de 90 emendas que podem ser adicionadas ao projeto original.

Leia mais sobre o assunto: Pátio chama mais 194 aprovados em concurso, confira a publicação

“Estamos trabalhando para garantir que o plano diretor seja uma legislação consistente e que atenda às necessidades da população. As emendas em discussão resultam de um processo democrático, envolvendo diversos setores da sociedade”, destacou Mendonça.

O presidente da câmara não especificou uma data precisa para a realização da segunda análise, mas afirmou que a votação ocorrerá ainda neste primeiro semestre e antes do período eleitoral.

A versão inicial do projeto, aprovada na primeira votação, gerou descontentamento, especialmente no setor produtivo, principalmente na área da construção civil. A medida, conforme redigida, impunha limitações ao volume de obras, o que causou preocupação entre os empresários do ramo.

As emendas propostas para a segunda votação têm como objetivo principal corrigir as distorções presentes no projeto original, refletindo as demandas e preocupações levantadas durante as reuniões temáticas com representantes de diversos setores da sociedade.

Fique por dentro das discussões e atualizações sobre esse tema. Acompanhe o Instagram e Twitter do Primeira Hora.

+ Acessados

Veja Também