Cadeia Pública de Jaciara entrega 200 máscaras de tecido ao Hospital de Câncer de Mato Grosso

A doação é uma ação do programa “Máscaras Que Salvam Vidas” que já produziu 3.500 máscaras com mão de obra de reeducandos para a prevenção ao novo coronavírus (COVID-19)

Foto por: Assessoria/Sesp

A Cadeia Pública de Jaciara (140 km ao Sul de Cuiabá), realizou a entrega de 200 máscaras de tecido ao Hospital do Câncer de Mato Grosso nesta quarta-feira (03.06). A doação é uma ação do programa “Máscaras Que Salvam Vidas” que já produziu 3.500 máscaras com mão de obra de reeducandos para a prevenção ao novo coronavírus (COVID-19).

O diretor da unidade de Jaciara, Ricardo Simplício, afirma que o principal objetivo do projeto é salvar vidas. “Para nós é uma sensação de satisfação poder estar contribuindo. Para o reeducando, além de ele estar se protegendo, tem a remição que ele ganha por estar participando do projeto. A cada três dias trabalhados, reduz um na pena”.

Segundo Ricardo, o projeto é uma iniciativa da Polícia Penal de Jaciara, do Poder Judiciário, Conselho da Comunidade e da Comarca de Jaciara, Prefeituras de São Pedro da Cipa e Jaciara, comerciantes locais, Sindicato Rural, CDL e Sicoob.

“Hoje recemos doações de vários setores do Estado, inclusive dos Tribunais. Começamos com o objetivo de confeccionar somente 500 máscaras, mas devido ao sucesso da campanha já foram produzidas 3.500”, afirma.

A iniciativa da doação partiu de um servidor  do Sindicato Rural que contribuiu para o projeto com tecido. Ele informou a Cadeia Pública da necessidade do Hospital de Câncer de 100 máscaras. A Cadeia então destinou as 200 ao Hospital.

As máscaras serão destinadas aos servidores, pacientes e acompanhantes que chegarem ao Hospital sem máscara ou necessitarem realizar a troca devido tempo ao tempo máximo de utilização de três horas.

Para o supervisor de Desenvolvimento Institucional do Hospital de Câncer, Tomaz Beckert, doações são de suma importância. “O papel do Hospital do Câncer é salvar dias, tudo que nós fazemos é pela população Mato-grossense. Quando você doa máscaras como essas, você está ajudando a salvar vidas tanto dos pacientes, quanto acompanhantes, quanto dos colaboradores que trabalham aqui. Nós precisamos muito de EPIs. Proteção é fundamental para continuar dando tratamento e atendimento ao paciente”.

Tomaz explica que primeiro é realizado o registro no setor responsável pela doação para posterior higienização e entrega aos usuários.

Também já foram contemplados pelo programa o Hospital Municipal de Jaciara, o Lar de Idosos Sombra da Cássia, Assistência Social de São Pedro da Cipa, (que contribui com a costureira, máquinas e tecido) a Igreja Católica local e são colocadas pelo menos duas máscaras nas cestas básicas para distribuição.

Os dados bancários da Cadeia Pública para quem se interessar em realizar doações de qualquer valor ao projeto estão anexos AQUI. Também estão sendo recebidas doações de tecidos para confecção das máscaras.

A Cadeia Pública de Jaciara tem a capacidade para 90 presos e atualmente conta com 65 reeducandos.