Cabo da PM de Rondonópolis morre em hospital após ser baleado durante assalto

cabo da pm de rondonópolis morre em hospital após ser baleado durante assalto

O cabo da Polícia Militar (PM), Said Francisco Canam, de 33 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (29), na Santa Casa de Misericórdia, em Rondonópolis (MT). Ele estava internado após ser baleado durante um roubo, na noite de sexta-feira (25), em um estabelecimento comercial no Jardim Guanabara. A morte foi confirmada pela assessoria de imprensa da unidade.
Conforme a PM, Said estava de folga quando tentou ajudar um homem, de 43 anos, que estava sendo assaltado por dois indivíduos. Testemunhas informaram que os suspeitos chegaram ao local em uma motocicleta de cor vermelha e abordaram a vítima, que estava juntamente com a esposa. Na ação, um dos criminosos tentou atirar contra o homem, mas a arma não disparou.
A vítima entrou em luta corporal com o bandido e, na confusão, um tiro foi efetuado. O cabo viu o ocorrido e tentou deter o suspeito, porém, os criminosos atiraram contra ele. O policial revidou e atirou contra a dupla.
Um dos tiros atingiu o cabo na região do pescoço, que foi socorrido por populares e encaminhado ao hospital. Já a outra vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência com um ferimento na mão.
Na troca de tiros, um dos envolvidos, identificado como Vitor, também ficou ferido na perna por um dos tiros.
O velório irá ocorrer a partir das 14h, no Cemitério da Vila Aurora, e o sepultamento vai ser Rosário Oeste (MT). A PM informou quo o cabo Said ingressou na corporação em 26 de março de 2002.