Burt Reynolds, ator de ‘Boogie Nights’ e ‘Amargo Pesadelo’, morre aos 82 anos

Burt Reynolds, ator de 'Boogie Nights' e 'Amargo Pesadelo', morre aos 82 anos
O ator Burt Reynolds, em cena de 'Os gatões - Uma nova balada' (Foto: Divulgação)



O ator Burt Reynolds morreu aos 82 anos. Segundo comunicado divulgado pela família, ele sofreu um ataque cardíaco nesta quinta-feira (6). Ele vinha sofrendo com problemas de saúde desde 2010.

Ele é conhecido por filmes como “Amargo pesadelo” (1872) e “Agarre-me se puderes” (1977). O americano ganhou um Globo de Ouro por seu papel como um “rei do pornô” em “Boogie Nights” (1997), pelo qual também foi indicado a um Oscar de ator coadjuvante.

O ator também esteve nas duas versões de “O golpe baixo”. Na primeira, em 1974, ele interpretava a estrela de futebol americano que é preso e obrigado a jogar ao lado de outros condenados contra os guardas do presídio. Em 2005, esse papel ficou com Adam Sandler, e Reynolds viveu outro criminoso, treinador do time.

Além de diversos filmes de ação, o ator também estrelou muitas comédias românticas, como “Encontros e desencontros” (1979), “A melhor casa suspeita do Texas” (1982) e “Amigos muito íntimos” (1982).

Apesar de não ser um dos favoritos da crítica, Reynolds conseguiu muito sucesso com o público. Tanto que foi o ator mais rentável de Hollywood todos os anos entre 1978 e 1982, um recorde repetido apenas por Bing Crosby nos anos 1940. Em 1978, ele tinha quatro filmes nos cinemas ao mesmo tempo.

Burt Reynolds no filme 'Um tira de aluguel', de 1987 (Foto: Divulgação)

Burt Reynolds no filme ‘Um tira de aluguel’, de 1987 (Foto: Divulgação)