Brasil e França em campo no futebol e no agronegócio

Picture of Mapa

Mapa

Brasil e França em campo no futebol e no agronegócio

Compartilhe:

Brasil e França entram em campo no próximo sábado (29) pela Copa do Mundo Feminina de Futebol. Os dois países são rivais no campo e o jogo promete ser um dos mais acirrados, mas no agro a parceria bate um bolão.

Por um lado, o Brasil é conhecido como um dos principais produtores e exportadores de commodities agrícolas, como soja, milho, café, carne bovina, açúcar, entre outros. Já a França é uma potência agrícola na União Europeia, com destaque para a produção de cereais, vinho, laticínios e outros produtos agrícolas de alto valor agregado.

De acordo com o AgroStat (Estatísticas de Comércio Exterior do Agronegócio Brasileiro), o Brasil exportou, no ano passado, mais de US$ 1,6 bilhão, abrangendo, principalmente, farelo de soja, café verde e celulose. Foram embarcados para o país europeu US$ 742,7 milhões de farelo de soja em 2022. O café verde registrou US$ 172 milhões e a celulose, US$ 260,5 milhões. Soja em grãos também é relevante no comércio exterior para França, com US$ 66,1 milhões.

A parceria entre Brasil e França na agricultura representa um exemplo inspirador de cooperação bilateral para enfrentar desafios comuns relacionados à agricultura e ao meio ambiente. Os países compartilham o compromisso de promover uma agricultura mais sustentável, inovadora e resiliente, contribuindo para a segurança alimentar global e o desenvolvimento socioeconômico de suas respectivas nações.

Brasil em campo

O próximo jogo da Seleção Feminina será no dia 2 de agosto (quarta-feira), às 7h (horário de Brasília), contra a Jamaica, no Melbourne Rectangular Stadium, na Austrália.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp