BR-163: mais de 565 mil atendimentos são registrados em cinco anos

Com 665 atendimentos realizados, em média, por quilômetro da BR-163, os serviços prestados aos usuários pela Concessionária Rota do Oeste completam cinco anos hoje (20).

Ao todo, são mais de 565 mil registros no trecho de 850,9 km de Itiquira a Sinop. As atividades tiveram início em 2014, mudando a realidade de quem percorre a rodovia e dos 19 munícipios cortados pela rodovia, com atendimentos mecânicos, de saúde, apoio operacional, combate a incêndios, entre outros serviços.

Por dia, as equipes operacionais são acionadas cerca de 310 vezes, o equivalente a um atendimento a cada quatro minutos. Todas as atividades refletem em segurança viária e são custeadas pelo valor arrecadado no pedágio.

Na avaliação do gerente de Operações da Rota do Oeste, Wilson Ferreira, os serviços operacionais inseriram um novo conceito ao cotidiano de quem percorre a BR-163 e passaram a oferecer um suporte direto ao usuário e parceiros.

“Quem passa pela BR-163 sabe que em uma emergência pode contar com as equipes. A prova disso é o número de atendimentos realizados aos usuários e as solicitações de apoio feitas por entes públicos em casos de queimadas ou socorro médico fora do trecho de concessão, por exemplo”.

Dos 565 mil atendimentos, 214 mil foram direcionados a veículos que apresentaram algum tipo de pane na rodovia. O montante representa 38% das ocorrências da Concessionária. O recolhimento de objetos é a segunda atividade mais desempenhada pelas equipes com 121 mil ocorrências registradas, na sequência estão as remoções veiculares, com 104 mil atividades prestadas. Quando o assunto é saúde, a Rota do Oeste acumula 32 mil atendimentos médicos e 14 partos na rodovia.

A estrutura operacional da Concessionária é composta por 18 bases de atendimento ao usuário, onde estão distribuídos mais de 700 funcionários, cerca de 80 veículos, entre guinchos leves e pesados, ambulâncias e UTIs móveis, caminhões-pipa, caminhonetes para inspeção. Os serviços podem ser acionados por meio do 0800 065 0163, 24 horas por dia, em uma das 18 bases ou também nas nove praças de pedágio ao longo da rodovia.