Bolsonaro revela que Dilma cortou 10 bilhões da educação devido aos 50 bilhões doados para países amigos

Em sua live de quinta-feira o presidente Jair Bolsonaro, anunciou que pretende destinar os R$ 2,5 bilhões em multas da Petrobras para os ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia

Bolsonaro diz que Dilma cortou 10 bilhões da educação e doou 50 bilhões para países amigos e anuncia investimento de R$ 2,5 bilhões na educação
Foto: Reprodução

Em seu perfil do Instagram o presidente Jair Bolsonaro, apresentou dois vídeos que mostram na época, o então senador Ronaldo Caiado, mostrando as doações da presidente Dilma aos países `amigos´.

Na apresentação de Caiado, ele informa que foram doados R$ 50 bilhões para diversos países (algumas ditaduras) e que por isso Dilma teve que realizar cortes na ordem de R$10 bilhões da educação.

Além disso, na época, foram cortados mais R$ 9 bilhões da saúde.

“Quem participou dessa última manifestação e não tinha conhecimento disso eu lamento, mas foram usados como massa de manobra pelo bando do “Lula livre.”, disse Bolsonaro.

Veja a publicação do presidente aqui.