Boca Juniors pede adiamento do jogo contra o Inter após morte de Maradona

Partida pelas oitavas de final da Libertadores está marcada para as 21h30 desta quarta-feira, no Beira-Rio

Foto: Getty Images

O Boca Juniors pediu à Conmebol o adiamento da partida desta quarta-feira contra o Inter, no Beira-Rio, pelas oitavas de final de Libertadores. O motivo é a morte de Diego Maradona, ídolo do clube.

A informação foi divulgada pela rede de TV argentina TyC Sports e também pelo jornal Olé. Segundo a publicação, o grupo do Boca Juniors ficou abalado com a morte de maior ídolo argentino.

O técnico do Boca, Miguel Ángel Russo, foi companheiro de Maradona na seleção argentina. Maradona também foi treinador de Tévez na seleção e tinha uma relação próxima como o ex-meia do Corinthians.




Procurado pelo ge, a assessoria da Conmebol confirmou que o pedido está sendo analisado. O Inter diz que ainda não recebeu nenhuma comunicação sobre o assunto.

Maradona morreu nesta quarta-feira, aos 60 anos, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. Segundo a imprensa argentina, ele sofreu um mal súbito no fim da manhã na casa onde ele se recuperava de uma cirurgia no cérebro, em Tigres, na zona metropolitana de Buenos Aires.