Bento XVI está ‘muito ancião’ e quase sem andar, diz secretário

retórica de trump é xenofóbica, e não populista, afirma obama

O papa emérito Bento XVI "está apagando lenta e serenamente como uma vela", relatou seu secretário Georg Ganswein em uma entrevista publicada nesta quinta-feira (24), na revista católica italiana Benessere.

O primeiro pontífice da era moderna que renunciou é uma pessoa "muito anciã, mas muito lúcida", conta Ganswein. Ele complementa afirmando que o papa alemão está com dificuldades para caminhar e "usa um andador" para se movimentar.

Bento XVI, que completará em abril 89 anos de idade, "está gradualmente apagando, como acontece com muitas pessoas", acrescenta o religioso, que foi seu secretário durante os oito anos de pontificado, até fevereiro de 2013, quando renunciou inesperadamente após uma onda de escândalos e pressões.

"Ele está sereno, em paz com Deus, consigo mesmo e com o mundo. Se interessa por tudo e mantém seu fino e sutil senso de humor", afirma.

Ganswein, atual prefeito da Casa Pontifícia, um tipo de chefe de cerimonial, mora com Bento XVI no antigo monastério Mater Ecclesiae dentro do Vaticano, e organiza a agenda pública do argentino Francisco, uma situação inusual ao trabalhar com os dois pontífices.

"São dos pessoas muito diferentes tanto na forma de comunicar-se como de relacionar-se", reconheceu o prelado alemão.