Bebê nasce às margens da BR-364

| guiratinga | prefeitura amplia distribuição de água no distrito do alcantilado

Pouco antes de amanhecer, nesta terça-feira (09), a equipe de operações da Base do Sistema de Atendimento ao Usuário (SAU) 04, no distrito de Santa Elvira, foi chamada para ajudar uma mulher em trabalho de parto a poucos metros dali. Em menos de 40 minutos Thiago Lucas já estava nos braços da mãe e dos profissionais do atendimento pré-hospitalar da Concessionária Rota do Oeste Adevanil, Domingos e Thais.

Thiago Lucas é a terceira criança a nascer às margens da rodovia desde que a Rota do Oeste deu início aos trabalhos do SAU. Em setembro do ano passado, os pequenos Arthur e Lucas Gabriel também chegaram ao mundo amparados pelos profissionais das equipes de resgate da Concessionária. Desta vez, passava um pouco das 5h de terça-feira (09) quando a avó do bebê chegou até a Base 04 e pediu ajuda para a equipe de plantão. Sua filha Josiane estava em trabalho de parto e precisava de ajuda.

As duas moram em Santa Elvira, distrito localizado às margens da BR-364, entre os municípios de Jaciara e Juscimeira. No local há somente um Posto de Saúde da Família que funciona em horário comercial e o atendimento pré-hospitalar é feito por ambulâncias que são encaminhadas dos municípios vizinhos. Como a Base da Rota estava mais próxima, a Concessionária atendeu ao chamado para transportar a mãe até o hospital de Jaciara.

A surpresa aconteceu no meio do caminho. O enfermeiro Adevanil Santos Rodrigues, que ajudou na realização do parto, conta que às 6h a mãe do bebê falou que a criança já iria nascer. “Pedimos para o Domingos parar em um local seguro e às 6h03 o menino já tinha nascido. Chorando e com bastante saúde, graças a Deus”.

Esta foi a primeira vez que o enfermeiro fez um partoem uma unidade imóvel de saúde e conta que ajudar o próximo é maior recompensa que se pode ter. “Não trabalhamos por dinheiro apenas, mas para salvar vidas. Um trabalho como este faz tudo valer a pena”.

Para a enfermeira Thais Mayara Almeida, ajudar uma criança a nascer é uma emoção indescritível. “Quando vi o bebê chorando fiquei muito feliz. É um sentimento sem igual”.

Mãe e filho estão no hospital de Jaciara e devem receber alta nos próximos dias. Thiago Lucas nasceu forte, com 3 kg e passa bem. Ele é o quarto filho de Josiane Mendes, 26, e o primeiro a nascer fora da maternidade. “Eu não sabia que ele já iria nascer, pois estava com 35 semanas ainda. Se não fosse a equipe da Rota do Oeste não sei o que iria acontecer”.

O gerente de tráfego da Rota do Oeste, Fernando Milléo destaca o comprometimento de todos no salvamento dessas vidas. “Nossas equipes são treinadas para resgatar a vida de vítimas de acidentes, trazer alguém para a vida é inusitado, mas muito gratificante”.

Atendimento de Emergência

A Concessionária Rota do Oeste disponibiliza aos usuários da BR-163/364 em Mato Grosso 18 unidades móveis de saúde, uma a cada 50 km. São 13 ambulâncias de resgate e mais cinco ambulâncias UTI que contam, além de toda a estrutura de equipamentos, com profissionais da saúde e um médico para atendimentos mais graves.

O socorro pré-hospitalar aos usuários da rodovia é uma exigência contratual e tem objetivo de reduzir o tempo de espera por um atendimento especializado e encaminhamento até a unidade de saúde mais próxima. Por isso, é muito importante que todas as equipes estejam sempre à disposição para atender às vítimas que estão em trânsito ou que necessitam de atendimento de urgência. Em casos de atendimento clínicos ou consultas médicas, o mais recomendável é que o paciente procure uma unidade de saúde instalada na região onde mora ou acione os Serviços de Atendimento Móvel de Urgência do Sistema Único de Saúde (SUS).