Avallone assegura PSDB forte nas eleições ao Senado e municipais




O deputado Carlos Avallone assumiu a presidência do diretório estadual do PSDB com a missão de fortalecer o partido e coordenar as duas eleições deste ano, a suplementar para o Senado e a renovação das prefeituras e Câmaras municipais. Avallone lembrou que o PSDB ainda é o maior partido do estado, com 35 prefeitos, 20 vice-prefeitos, 190 vereadores e diretórios organizados na maioria dos municípios. “Vamos preparar o partido para as eleições deste ano, oxigenando a agremiação através das novas lideranças comunitárias, da juventude tucana e do PSDB Mulher”, disse.

O novo presidente prometeu dar continuidade ao trabalho do seu antecessor, o ex-vereador Paulo Borges, que continuará atuando na Executiva e contribuindo com o partido nos novos desafios que se apresentam. “Paulo Borges tem DNA político, seguiu o caminho correto e vitorioso de seu pai, que também foi vereador e grande liderança política. Paulinho tem o nosso respeito pela condução corajosa do partido nos momentos mais difíceis, incluindo o da perda da eleição majoritária em 2018, e continuará contribuindo com o partido”.

O novo presidente destacou a importância da eleição do ex-deputado federal e ex-prefeito de Sinop Nilson Leitão, pré-candidato ao Senado Federal. “Nilson é a grande referência do partido, com duas gestões municipais exemplares e uma atuação excepcionalmente produtiva na Câmara dos Deputados, reconhecida aqui no estado e nacionalmente”.

Citando o ex-governador e seu amigo pessoal Dante de Oliveira, Avallone disse que vai honrar o legado da maior liderança política de todos os tempos em Mato Grosso, com quem teve a honra de trabalhar na prefeitura e no governo do Estado.

“O PSDB tem história no Brasil e em Mato Grosso. Já governamos o país, já governamos Mato Grosso, elegemos várias vezes os prefeitos da Capital e de dezenas de cidades. E esta história de conquistas vai continuar neste ano eleitoral de 2020 e é este o sentimento que me estimula a assumir a coordenação dos trabalhos do partido nos dois pleitos que se avizinham”.

O deputado destacou a realidade atual, os tempos difíceis na política nacional, marcados pela radicalização e polarização. “O país e o estado tem problemas graves para resolver, como os altos índices de desemprego, a falta de saneamento, as carências na saúde e na educação. O PSDB de Mato Grosso, a exemplo da direção nacional, vai manter sua postura de centro, apoiando as mudanças econômicas, o desenvolvimento, a geração de emprego e renda e fazendo a interlocução entre o Estado e a sociedade em busca de soluções para as principais demandas da população. O cidadão quer resultados, e já. “, disse Avallone.

“Eu tenho certeza que com a participação entusiasmada de todos, o PSDB de Mato Grosso sairá fortalecido da eleição suplementar para o Senado e das eleições municipais de 2020. Longe do radicalismo e sempre dialogando, propondo soluções concretas para as necessidades da população”.