Autor de homicídio de cunhado é preso em flagrante em MT

Picture of Polícia Civil-MT

Polícia Civil-MT

Condenado por homicídio e maus-tratos contra filhos é preso pela Polícia Civil em MT
Christiano Antonnucci/Secom-MT/Ilustrativa

Autor de homicídio de cunhado é preso em flagrante em MT

Câmeras de segurança registraram o momento em que o suspeito perseguiu e executou a vítima

Compartilhe:

Um homem apontado como autor do homicídio do cunhado ocorrido no município de Nova Ubiratã (502 km ao norte de Cuiabá) foi preso em flagrante pela Polícia Civil, no final da tarde de segunda-feira (05.02), menos de 24 horas após o crime.

Sabendo que já havia sido identificado e que era procurado pela Polícia, o suspeito se apresentou na Delegacia de Nova Ubiratã, ocasião em que confessou a autoria do crime.

O homicídio que vitimou José Neres Alvares ocorreu na noite de domingo (04), quando a vítima foi alvejada por três disparos de arma de fogo, efetuados pelo irmão de sua esposa. O corpo da vítima foi localizado dentro do seu veículo Fiat Strada, próximo a Praça da Fé, já sem vida em decorrência dos disparos.

Assim que foi acionada dos fatos, as equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar iniciaram as diligências conseguindo identificar o cunhado da vítima como autor do homicídio.

Segundo as investigações, a vítima estava a caminho da delegacia para se apresentar sobre uma situação de violência doméstica, em que havia agredido a esposa, quando foi interceptado por seu cunhado, que foi até a fazenda para buscar um revólver calibre 38, para vingar a agressão que sua irmã havia sofrido.

Durante a apuração dos fatos, foram colhidas imagens de câmeras de segurança que mostravam o momento em que o suspeito em seu veículo Fiat Uno perseguiu a vítima e efetuou os disparos. Com a identificação do autor do crime, foram iniciadas diversas diligências com o fim de realizar a sua prisão em flagrante.

Percebendo que poderia ser preso a qualquer momento, o suspeito se apresentou no final da tarde de segunda-feira (06), na Delegacia de Nova Ubiratã, ocasião em que interrogado pelo delegado João Lucas Wanick, confessou a autoria do homicídio e entregou a arma utilizada no crime.

Diante das evidências, foi lavrado o flagrante contra o investigado pelo crime de homicídio qualificado, tendo o delegado representado pela conversão da prisão em flagrante em prisão em preventiva.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp