Audiência discute o potencial econômico e social do turismo em MT

acidente violento arranca frente de moto 1.000 cilindradas

“O turismo como vetor de desenvolvimento socioeconômico em Mato Grosso: desafios, estratégias e oportunidades” é o tema de uma audiência pública requerida pelo deputado Wilson Santos (PSDB), que acontece amanhã (24/11), a partir das 8h30, no Hotel Fazenda Mato Grosso, salão Beija Flor. A audiência vai discutir o potencial social e econômico da atividade turística e envolverá o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo, secretários municipais de turismo, além de todo o trade turístico.

A prefeita de General Carneiro, Magali Amorim Vilela de Moraes, que também preside a Associação dos Municípios com Potencial Turístico de Mato Grosso, será uma das palestrantes durante a audiência. Também farão palestras na audiência o superintendente de estrutura do Turismo do governo do Estado, Reinaldo Vaz Guimarães, a superintendente de políticas do turismo da Secretaria de Turismo, Cyntia Cândida Corrêa, e a coordenadora de marketing e apoio à comercialização do turismo da Pasta, Simone Lara.

Mato Grosso é o único estado brasileiro que tem três ecossistemas: Amazônia, Cerrado e Pantanal. Além das riquezas naturais, o estado tem um patrimônio histórico e cultural que possibilita muitas oportunidades. “Vamos discutir o turismo, debater problemas, discutir estratégias, desafios enfim, buscar políticas públicas que propiciem o desenvolvimento sócio econômico do setor”.

O Cerrado mato-grossense engloba 48 municípios. É um bioma raro, mas rico em biodiversidade. O Pantanal é considerado um dos mais belos e selvagens biomas do planeta, com 200 mil km2 de extensão, sendo dois terços em território brasileiro. Um terço da porção brasileira está em Mato Grosso, abrangendo dez municípios no sudoeste do Estado, e 10% da Amazônia, a maior floresta do planeta, fica em Mato Grosso. São 49 cidades no noroeste do estado, abrangendo quase a metade do território mato-grossense.