Atividade da indústria registra melhor agosto em sete anos, diz IBGE

réveillons das principais capitais turísticas devem movimentar r$ 5 bilhões

Com a retomada da economia, a atividade da indústria nacional continua a crescer. Em agosto, a produção industrial avançou 4% em relação ao mesmo período do ano passado, no melhor resultado para o mês nessa base de comparação desde 2010, quando a variação foi de 8,5%.

Após quatro meses consecutivos de alta, a produção industrial registrou leve desaceleração de 0,8% em agosto. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (3) pelo Instituto Brasileiro Geografia e Estatística (IBGE).

Com isso, a atividade industrial acumula alta de 1,5% neste ano. Nos últimos 12 meses, o indicador saiu de um resultado negativo de 9,5% em julho do ano passado para uma retração de apenas 0,1% no mês passado.

De acordo com a pesquisa, 20 dos 26 ramos pesquisados tiveram avanços no mês. Entre os principais resultados estão os dos setores de veículos automotores, reboques e carrocerias (+28,2%), equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (+22,1%), produtos do fumo (+63,0%), produtos diversos (+14,2%) e móveis (+12%).

Em agosto, as grandes categorias econômicas apresentaram alta na comparação com o mesmo mês de 2016. O principal crescimento foi registrado na produçãode bens de consumo duráveis, com avanço de 18,5%, seguido por bens de capital, com alta de 9,1% e, por último o segmento de bens intermediários, com uma alta de 2%.