Assembleia Social contribui com o sonho de 300 casais

Vestido de noiva, terno e gravata e tudo mais “que manda o figurino” compuseram o casamento coletivo promovido pela Prefeitura de Cuiabá no sábado (03)

Assembleia Social contribui com o sonho de 300 casais
Karen Malagoli/ALMT

Um sonho que contém vestido de noiva, alianças, terno e gravata, convidados, muitos sorrisos e brilho nos olhos. Trezentos casais de Cuiabá, boa parte já vivendo com vínculo marital, oficializaram a troca de alianças no último sábado (03), em grandiosa cerimônia (em tamanho e em significado) no Hotel Fazenda Mato Grosso.

Ong Autoestima, parceira da Assembleia Social, dispôs de 9 voluntários para fazer penteados

Foto: Karen Malagoli

O Casamento Social, promovido pela Prefeitura de Cuiabá e parceiros, a exemplo da Assembleia Social (antiga Sala da Mulher da Assembleia Legislativa de Mato Grosso), contou com 2500 participantes, entre casais, convidados e trabalhadores voluntários.

O número de casais selecionados foi em alusão aos 300 anos de Cuiabá. A iniciativa foi tão bela e de tamanho sucesso que 400 pessoas já compõem uma lista de espera, segundo dados da prefeitura.

As cunhadas Elaine e Izabel realizam sonho no mesmo dia

Foto: Karen Malagoli

Tudo foi oferecido gratuitamente para os 300 casais selecionados pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) – cerca de 22 casais por unidade: vestido de noiva e enfeite de cabelo, terno, gravata, cuidado antecipado com os homens (barba, corte de cabelo), maquiagem e penteado das mulheres (num completo ‘dia de noiva’), alianças, o jantar, a programação cultural – a Orquestra CirandaMundo para o grande momento e banda para animar a noite, a presença de quatro convidados para cada casal, decoração com flores naturais, painéis para fotos, cobertura fotográfica. Um sonho realizado.

Sem investimento financeiro da prefeitura de Cuiabá, o casamento coletivo com tantos elementos dos sonhos dos noivos só foi possível graças às mais de 40 empresas e instituições parceiras. A Assembleia Social ofereceu, por meio da Ong Autoestima, nove cabeleireiros que, segundo a presidente da organização, Silça Pinheiro, foram capazes de elaborar penteados em cerca de 150 noivas, do jeitinho que pediram. Outra equipe voluntária de cabeleireiros dividiu a tarefa de “fazer as cabeças” das mulheres.

Elaine Inocência de Queiroz, de 26 anos, já mantinha união estável com Jonhson Pereira de Morais, de mesma idade, há cinco anos. “Sempre quis casar, mas não tinha condições. Surgiu esta oportunidade e hoje estou realizando meu sonho de casar de branco, maquiada e com penteado”, contou.

A cunhada de Elaine, Izabel Ribeiro da Silva, de 21 anos, também se casou na mesma cerimônia com o irmão dela, Edilson Inocêncio de Queiroz (21). Isabel e Edilson se relacionam há cinco anos e, antes do pequeno Kaique Eduardo (de três anos) nascer, resolveram morar juntos. A jovem noiva não escondeu a alegria de ter o filho nesse momento inesquecível. “Ele também está vestido de terno, não têm palavras que explicam a emoção de ele estar junto. A felicidade tomou conta de mim”, exprime.

O Casamento Social foi idealizado pela primeira-dama da prefeitura de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e coordenado pela Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (SMASDH). “Quero agradecer aos mais de 40 parceiros que não mediram esforços e abraçaram a nossa causa. Os meus mais sinceros agradecimentos e imensa gratidão”, declarou a primeira-dama, que posou para fotos, ao lado do prefeito Emanuel Pinheiro, com todos os casais da noite.

“A cada nova oportunidade como essa, ficamos mais felizes, mais gratos e mais fortalecidos. A Assembleia Social só cresce com essas parcerias. Sinto-me muito lisonjeada por contar com uma equipe e parceiros que não medem esforços para ver as pessoas realizando seus sonhos. Seguimos de portas abertas para outras iniciativas”, refletiu a diretora da Assembleia Social, Daniella Paula Oliveira.

A 3ª edição do Casamento Social está prevista para maio de 2020, mês das noivas.

PARCERIAS – O Casamento Social foi realizado sem investimento público e contou com doações de empresas parceiras, como o 3º Serviço Notarial e Registral de Cuiabá, a confeitaria Baba de Moça, a Mon Bijoux, o Comper, a Unimed, o Ateliê Carla Andréia, a Juliana Moraes Estilista, o Grupo Petrópolis, a Galvan Escola de Cabeleireiros, a Solução Cosméticos, o Instituto Ciranda, entre outros.

Confira mais fotos