Assembleia realiza sessão especial e entrega moções de aplausos para portugueses que vivem em MT

Ao menos 50 pessoas receberam moções de aplausos por conta dos serviços prestados em Mato Grosso

Ronaldo Mazza/ALMT

Pela primeira vez na história, a comunidade portuguesa de Mato Grosso foi homenageada durante sessão especial realizada no plenário da Assembleia Legislativa (ALMT). O evento ocorreu na noite da última segunda-feira (10.06) por ocasião da celebração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

Ao menos 50 pessoas receberam moções de aplausos por conta dos serviços prestados em Mato Grosso.  Estas homenagens foram feitas em parceria com os portugueses que vivem em Mato Grosso, como forma de valorizar a importância destas pessoas para o desenvolvimento do estado.

“A data lembra a história, a força e as tradições do povo português, que hoje se faz presente em nosso Estado, especialmente em Cuiabá. Na sessão especial demos início ao estreitamento de relações institucionais, visando o fomento das relações comerciais e educacionais entre Brasil e Portugal com apoio da comunidade portuguesa”, disse o deputado português e médicos nefrologista Dr. João José (MDB).

O deputado Ulisses Moraes também participou da sessão, e destacou a garra do colega deputado Dr. João, que mesmo de luto realizou a sessão. No dia do evento, Dr. João sepultou o corpo do irmão Amorim Corado Matos Capela, que morreu vítima de câncer. “Dr. João demonstrou grande fibra ao realizar esta sessão em um momento tão difícil. Ele fez isso porque tem compromisso com as pessoas”, disse.

Obras de arte – logo após a sessão, os convidados puderam conferir de perto a exposição “Ânima, Alma, Animal”, do artista plástico português Francisco Charneca, que expôs na Assembleia Legislativa obras produzidas ao longo de uma carreira de 50 anos de história. O artista tem como sua marca a valorização da vida selvagem, com obras de tirar o fôlego, diante de tamanho realismo e riqueza de detalhes.

Radicado em Mato Grosso desde a década de 1990, Charneca foi o primeiro artista do estado a assumir uma cadeira da Academia Brasileira de Belas Artes. A linguagem adotada pelo artista parte do realismo, passa pelo hiper-realismo e chega ao abstracionismo. Além de esculturas, em suas telas – aquarelas, óleos ou acrílicos -, predominam a multiplicidade e os contrastes de temas universais e regionais que retratam desde a natureza a comportamentos cotidianos do ser humano.

Celebração  – O dia 10 de junho é uma data importante para os portugueses. Em Portugal, o dia é feriado nacional que lembra também o sentimento dos portugueses que deixaram o país e desbravaram novas terras, uma característica histórica marcante dos lusitanos.

Portugal é um dos poucos países do mundo que dedica um dia nacional a uma data relacionada com a cultura, uma vez que a data recorda a morte de Luís de Camões, e não a um fato da sua história política.

Camões foi um dos maiores escritores da literatura lusófona e autor do clássico épico Os Lusíadas, poesia de 1572, que narra a descoberta do caminho marítimo para a Índia pelo navegador Vasco da Gama.

Veja mais fotos