Articulação do deputado Nininho, garante doação de cestas básicas a garçons em situação financeira vulnerável de Rondonópolis

Articulação do deputado Nininho, garante doação de cestas básicas a garçons em situação financeira vulnerável de Rondonópolis

Desde o início da pandemia, profissionais dos setores de bares e restaurantes de Rondonópolis sofrem com a situação, alguns perderam os empregos, outros devido a instabilidade causada pelos decretos diminuíram a renda com a queda das comissões, além dos eventos que foram suspensos. Sensibilizado e preocupado com a condição do setor, o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, junto com o deputado federal Neri Geller (PP), se reuniram com a primeira- dama, Virgínia Mendes, com objetivo de adquirir doações de cestas básicas por meio do programa ‘Vem ser Solidário’.

De acordo com o deputado, a presidente do Sindicato dos Empregados em Bares e Restaurantes da região Sul (Sindebares-SUL), Neth Moura, desde o início tem se esforçado para ajudar cerca de mil profissionais.

“Esse segmento tem profissionais que trabalham a vida toda com eventos, com a pandemia está tudo parado, a Neth tem feito o que é possível para ajudar as famílias. Nós conseguimos 300 cestas básicas por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania. Agradecemos a primeira-dama Virgínia Mendes pela atenção a essas famílias”, agradeceu o parlamentar.

A presidente do Sindebares – SUL agradeceu a iniciativa e atenção dos deputados. “É muito complicado pra nós ver a situação de pessoas que trabalharam a vida toda, passando por um momento desses a ponto de não terem condições de adquirir o próprio alimento. As cestas básicas que conseguimos agora por meio da Setasc vai amenizar um pouco a situação. Somos gratos a todos que têm nos ajudado, o deputado Nininho é um grande parceiro nosso, já nos ajudou em outro momento e, estamos na torcida para que esses profissionais tenham a oportunidade de retornar ao mercado de trabalho o mais breve possível”, ratificou Neth Moura.

O Programa

Iniciado em meados de abril de 2020, a campanha atendeu mais de 1,7 milhão de pessoas no ano passado, levando em conta a distribuição de 330 mil cestas básicas. E a primeira-dama também decidiu que a iniciativa será permanente em 2021, ajudando mais famílias em situação de extrema pobreza a terem segurança alimentar. Devido a necessidade do programa, o Governo do Estado, através do programa Mais MT, direcionou R$ 42 milhões em recursos para a permanência da ação.

Noticias Relacionadas