Após derrubada de veto, Lei de Janaina é publicada e mulheres de MT ganham mamóvel

Jardel Silva/Assessoria

O Diário Oficial de Mato Grosso, que circula nesta quinta-feira (10.06) traz publicada a Lei 11.413/21, de autoria da deputada estadual Janaina Riva (MDB), que trata da implantação do sistema de mamografia móvel, o mamóvel, para atender a demanda de mulheres pelo exame, de maneira itinerante, em diversos municípios de Mato Grosso. A Lei do Mamóvel foi promulgada após a Assembleia Legislativa ter derrubado com a maioria dos votos, o veto total do governador Mauro Mendes ao projeto.

“Esse é um sonho antigo das mulheres da maioria dos municípios do interior do estado. Municípios esses que não tem demanda suficiente pra ter um mamógrafo,  mas tem mulheres à espera do exame. Mulheres que muitas vezes tinham que rodar mais de mil quilômetros para ter acesso ao exame. O que eu desejo é mais mulheres tenham acesso à mamografia. É comprovado que o diagnóstico precoce do Câncer de Mama salva vidas” diz.

A parlamentar reforça que em se tratando de saúde, não há o que se falar em vaidades de A ou B, é necessário que os Poderes aprendam a trabalhar juntos, por quem depende desses serviços pra sobreviver e para que os atendimentos cheguem à ponta.




“Apresentei esse projeto de lei a primeira vez no primeiro mandato, mas na época o governador Pedro Taques vetou. Em 2019 apresentei novamente, foi aprovado, mas o governador Mauro Mendes vetou no mesmo momento em que secretaria de saúde planeja lançar um projeto similar ao meu. Então trabalhei pela derrubada do veto. Os mamóveis atenderão diversos municípios e podem, inclusive, serem tocados pelos consórcios e saúde intermunicipais. ”, finaliza.

O mamóvel nada mais é um veículo adaptado com aparelho de mamografia e profissionais aptos a realizarem o exame, que rodará o estado para atender nos principais polos de saúde e municípios onde não existe este tipo de aparelho.