Apesar de derrota, Corinthians tem melhor defesa no primeiro turno do Brasileirão

Corinthians conta com retorno de ídolo da Fiel para fechar a casinha e terminar primeira metade do campeonato como fortaleza defensiva

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Em um campeonato de pontos corridos, ter uma boa defesa é fundamental. Neste domingo, os paulistas não tiveram tanta sorte e, em falha de Cássio, perderam por 1 a 0 para o Fluminense. Ainda assim, com apenas 12 gols sofridos em 19 jogos, o Alvinegro terminou o primeiro turno do Brasileirão como time menos vazado da competição.

Um time que sofre poucos gols já tem meio caminho andado para fazer uma boa campanha. E o Corinthians sabe bem disso. Não é por acaso que o clube ocupa a sexta posição na tabela de classificação, repetindo uma receita de sucesso nos últimos anos.

Recentemente, o Alvinegro teve a melhor defesa do Brasileirão em 2011, 2013, 2015 e 2017. Apenas em uma dessas edições o Corinthians não foi campeão brasileiro (2013).

Uma contratação fez toda a diferença para o Corinthians na atual temporada. A chegada do zagueiro Gil, um ídolo da Fiel Torcida, reorganizou o sistema defensivo do time. O defensor estreou na 11a rodada, diante do Flamengo. Em nove partidas, foram seis gols sofridos e apenas uma derrota (justamente a deste domingo, contra o Flu).

A média da defesa corintiana poderia ser ainda melhor, mas as últimas duas exibições deixaram a desejar. Na penúltima rodada, o Corinthians cedeu um empate por 2 a 2 para o Ceará dentro de casa.

Mas o grande problema esse ano é que os homens de frente não têm acompanhado o ritmo da defesa. O Alvinegro tem apenas o 12o melhor ataque do Brasileirão, com 21 gols marcados em 19 partidas. O líder Flamengo, por exemplo, já foi vazado 18 vezes. Mas tem 42 gols marcados (o dobro do Corinthians).

Confira as cinco melhores defesa do Brasileirão 2019:

1 – Corinthians: 12 gols

2 – São Paulo: 13 gols

3 – Palmeiras: 14 gols

4 – Bahia: 16 gols

5 – Flamengo: 18 gols