Anvisa proíbe propagandas irregulares de suplementos

ministério da saúde convoca o cidadão para que no novo ano o combate ao mosquito faça parte da rotina

Seis portais de comércio online tiveram propagandas de produtos e suplementos suspensas pela Anvisa. Todas as propagandas que atribuíam propriedades terapêuticas ou de saúde não autorizadas pela agência sanitária não poderão ser divulgadas, tanto nas mídias virtuais quanto nas demais mídias.

As propagandas utilizadas nos portais eletrônicos estavam sob responsabilidade de duas empresas, a Natu Bell Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios Ltda e a Nutribands Ltda.

Dois produtos de limpeza também foram suspensos: a venda da Água Sanitária – Cloro Ativo e do produto de limpeza Supermegaton foi proibida. Os saneantes eram comercializados sem registro sanitário na Anvisa.

Além desses dois produtos, todos os outros saneantes e produtos irregulares sujeitos à vigilância sanitária da empresa Novo Horizonte Comércio de Produtos de Limpeza e da empresa Megaton foram proibidos.

A Agência determinou, ainda, a apreensão das unidades dos produtos, a proibição da fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e uso de tais produtos.