Alunos da Escola Técnica de Poxoréu pedem ajuda para Thiago Silva

Alunos da Escola Técnica de Poxoréu pedem ajuda para Thiago Silva

O Deputado estadual Thiago Silva – MDB visitou na última semana a Escola Técnica de Poxoréu. A acompanhando por uma comissão de vereadores e o ex-Prefeito Tonho o parlamentar conheceu as dependências do prédio construído pela missão orionita.

O Presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, recebeu informações sobre instalações, laboratórios, corpos docente, técnico e parcerias existentes.

O raio-x da unidade foi apresentado numa reunião entre os professores, direção e alunos.

O vereador Geovane Souza – MDB informou que a escola é referência para diversos municípios. Estudantes são procurados antes mesmo da conclusão do curso.

“Isso é comum por aqui, muitos terminam o curso com emprego garantido. Não podemos deixar a qualidade do ensino cair. É por isso que pedimos apoio do deputado Thiago Silva. Uma pessoa muito comprometida com a educação”.

No encontro, Thiago Silva foi informado que embora o prédio esteja entre as melhores estruturas do Estado, alunos convivem há um bom tempo com a falta professores. Sem docentes, alguns módulos já foram prejudicados. A reclamação já foi repassada para o governo.

“Estive com secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Nilton Borgato debatendo o problema de Poxoréu. Ele explicou que a atual administração do Estado vai chamar os aprovados no último concurso público para suprir as vagas da Escola. Esperamos que o caso seja resolvido nas próximas semanas”.

O padre Alexandre Umbrelino Pereira, que é diretor da instituição explicou aos presentes que os serviços terceirizados do local estão sem contrato. A manutenção é paga com dinheiro do sacerdote e da comunidade. “Contamos com apoio da sociedade para dar condições para esses jovens seguirem estudando. O governo esqueceu da Escola Técnica de Poxoréu por vários anos”.

A demanda relatada pela direção da unidade também foi repassada pelo deputado para a Secitec. “O secretário também garantiu que até o início da próxima semana, a empresa começa a contratação do pessoal que faz a limpeza no local. Vamos trabalhar e promover parcerias para recuperar a Escola Técnica de Poxoréu. Depois que demanda de estrutura humana estiver sanada vamos lutar pela ampliação de cursos e vagas no local”, garante Thiago.

Descaso

De 2015 a 2018 e ETP sofreu um verdadeiro desmanche do governo anterior.
Em 2015 a Escola ofertava para 265 alunos cursos técnicos de análises clínicas, enfermagem, zootecnia, informática, segurança do trabalho e agropecuária.

O governo passado fechou vários cursos, e em 2018 o número de alunos matriculados caiu para 86, que estão distribuídos nos cursos de técnico em agropecuária e técnico em enfermagem.