Alunos da Educação Especial brilham na Segunda Paraolimpíada Semed

Alunos da Educação Especial brilham na Segunda Paraolimpíada Semed
Divulgação

Todos os participantes da Segunda Paraolimpíada realizada pela Divisão de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação (Semed) saíram medalhistas do campeonato, que tem como foco estimular o desenvolvimento dos alunos com deficiência e o sentimento de acolhimento deles dentro da comunidade da qual fazem parte.

O evento, que aconteceu no sábado (22), no 18º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC), teve a participação de cerca de 120 estudantes dos ensinos da educação infantil, ensino médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Em relação à Primeira Paraolimpíada, organizada no ano passado pela Semed, esta segunda foi mais abrangente, trazendo também competidores de quatro e cinco anos de idade.

“O torneio estava lotado, com a presença de toda a família dessas crianças. Os pais levaram os outros filhos que não têm deficiência para assistirem à competição e, com eles, formam uma torcida contagiante, ativa, em que a família toda incentivou os participantes a ultrapassarem seus limites”, comenta a gerente da Divisão de Educação Especial e Diversidade da Semed, Neuzeli Fuza.

Ela conta que as paraolimpíadas também revelam talentos e lembra dos destaques: “Tivemos um menino com síndome de Down da Escola Arão Gomes que, na corrida de 50 metros, fez muito bonito, demonstrando sua aptidão para o esporte” e continua:

“As crianças com autismo também provaram ter uma capacidade impressionante de se integrarem bem em um espaço movimentado e com muita gente”.

Também o potencial dos concorrentes não passou desapercebido na corrida com cadeira de rodas. “As meninas com cadeiras de rodas fizeram questão de mostrar sua capacidade e dispensaram qualquer pessoa para empurrá-las, conduzindo a cadeira no braço, com a própria força”, admira-se Neuzeli.

Na avaliação da gerente da Divisão de Educação Especial a disputa, além de criar um momento de confraternização entre os estudantes, suas famílias e os profissionais da Semed, dá a oportunidade deles expressarem suas competências nas diversas esportivas.

Assim, para ela, todos saíram vencedores e, por isso, receberam medalhas por acreditarem que podem triunfar sobre as dificuldades.