Aluno invade escola e atira em colegas em MG

Duas pessoas ficaram feridas, segundo polícia militar; atirador foi detido

Ataque aconteceu em escola pública na zona rural de Caraí - (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Um adolescente de 17 anos invadiu uma escola e atirou contra alunos no município de Caraí, no Vale do Jequitinhonha (MG), na manhã desta quinta-feira (7). Ao menos duas pessoas ficaram feridas e foram levadas a um hospital em Padre Paraíso, no norte do estado.

O ataque ocorreu na Escola Estadual Orlando Tavares, instituição que atende alunos do 6º ano do ensino fundalmental ao 3º do Ensino Médio. Ao Portal RedeTV!, o Tenente Coronel Fabio Marinho, do 19° Batalhão de Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, contou que o jovem ‘A.N.T’ é aluno da escola e teria se enfurecido após ter duas outras estudantes terem se negado a se relacionar com ele.

“Ele pulou um dos muros laterais com uma garrucha de dois canos, um facão e um simulacro de pistola. Houve pânico entre os alunos e professor, mas conseguiram auxiliar os funcionários e alunos para se esconderem dentro das salas”, explica o tenente responsável pelo caso.

O atirador estuda no período da manhã, no 2º ano do ensino médio, mas não foi à aula desta manhã, segundo a PM. Ao tentar invadir uma das salas, ele efetuou um disparo ao notar que uma professora, identificada como Sandra Borges, segurou a porta por dentro. Outros  alunos ajudaram a docente em contê-lo.

“Ele atirou pelo lado de fora. A bala atravessou a porta e atingiu um aluno de 16 anos no pescoço”, explica Marinho, que relata que o jovem, logo em sequência, tentou fugir atirando pelo corredor. Foram pelo menos cinco disparos.

Antes de ser detido pela Polícia, ‘A.N.T’ atingiu outro aluno da escola, de 15 anos com um golpe de facão em um dos braços. A professora que o impediu de entrar na sala também foi socorrida, pois “entrou em estado de choque” com a situação, de acordo com a PM.

Os dois alunos feridos foram encaminhados ao Hospital Nossa Senhora Mãe da Igreja, em Padre Paraíso. O garoto que recebeu o tiro no pescoço está em situação estável. A professora recebeu cuidados médicos no local.

Após atacar as pessoas, o atirador tentou entrar novamente na escola, mas foi apreendido pela Polícia. Um outro envolvido também foi detido, porém não há detalhes da participação dele no crime.

Ainda conforme a polícia ao Portal RedeTV!, a arma de fogo utilizada pertence ao pai do suspeito. A PM realiza buscas para encontrar o responsável por ‘A.N.T’. O caso deve ser registrado como ato infracional análogo à tentativa de homicídio e porte de arma de fogo.

De acordo comm a SEE/MG, a equipe da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Teófilo Otoni está na escola para apurar o ocorrido e “dar todo o apoio e auxílio à direção da unidade escolar, à comunidade escolar e às famílias dos dois alunos feridos na ocorrência”. A direção da escola disse ainda que todas as informações necessárias para a investigação estão sendo passadas para os órgãos competentes.


Movimentação em frente à escola em Caraí (MG) – (Foto: Reprodução/Redes sociais)