Adolescente é flagrado abusando criança de 3 anos; polícia investiga

Criança pula de primeiro andar de casa para fugir de tentativa de estupro do pai
Foto por: PMMT



Um adolescente foi flagrado abusando sexualmente de uma criança de três anos em Parauapebas, região sudoeste do Pará. A Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) da cidade foi acionada para investigar o caso após um vídeo, que registra o estupro, circular nas redes sociais na quarta-feira (15).

De acordo com a polícia, a gravação mostra o suspeito, de 15 anos, fazendo sexo oral na vítima. Ao ter conhecimento da ocorrência, a Deam identificou o local e os envolvidos no vídeo. O suspeito foi levado à delegacia juntos aos pais.

Para o Portal RedeTV!, a delegada titular Ana Carolina Abreu contou que os pais do adolescente afirmaram que ele sofre de esquizofrenia, autismo e demência moderada. A condição do jovem foi declarada por meio de laudos médicos e receitas de remédios controlados.

“Foi impossível colher o depoimento do suspeito, por causa de sua condição. Ele estava completamente aéreo e não mostrava ter noção de nada”, relata a delegada. Os pais prestaram depoimento e, ainda segundo Ana Carolina, a mãe do adolescente informou onde morava a criança, vítima dos abusos do filho.

A vítima de três foi encaminhada para a delegacia, junto a sua mãe. Quando questionada sobre o caso, a criança chorava a cada pergunta feita. Para evitar o fenômeno da revitimização – ação em que a vítima pode reviver a violência sofrida -, a delegada optou por interrogar o menina.

“A mãe [da vítima] falou por ele. Com base do conteúdo no vídeo, que comprova o abuso sexual, instauramos uma investigação, que agora foi encaminhada ao Ministério Público”, explica a delegada, que também diz que o órgão irá determinar medidas socioeducativas ao adolescente.

O menino foi encaminhado para o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), para ser atendido por psicólogos. O caso segue sendo investigado pela Deam.