Ação conjunta do governo leva ajuda às vítimas do ciclone

Picture of Mapa

Mapa

Ação conjunta do governo leva ajuda às vítimas do ciclone

Recursos orçamentários de R$ 741 milhões serão distribuídos em diversas ações de amparo à população, tais como aquisição de alimentos e fomento rural de apoio a pequenos produtores, entre outras

Compartilhe:

Desde a passagem do ciclone extratropical no Rio Grande do Sul, representantes do governo federal e estadual estão mobilizados pela situação de calamidade para socorrer as vítimas afetadas pelo desastre natural. As perdas ainda não são passíveis de serem quantificadas.

Em visita a municípios atingidos, equipes da Agricultura já puderam constatar que na zona rural os pequenos agricultores foram os mais prejudicados. Houve perdas de produção, rebanho e infraestrutura, sobretudo, de ribeirinhos que se dedicam à produção de hortigranjeiros, avicultura, suinocultura e pecuária leiteira. Os danos também afetam unidades agroindustriais.

Até o momento, um relatório preliminar elaborado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater/RS-Ascar) indica que 50 municípios, 665 localidades e 10.787 propriedades foram afetados. Em relação à infraestrutura, o evento climático prejudicou 4.456,8 quilômetros de estradas vicinais e causou problemas de escoamento da produção em 197 comunidades.

As perdas se mostraram significativas, com destaque para milho e trigo, que tiveram grandes áreas atingidas e alto volume de produção perdidas. Na pecuária, morreram 29.356 animais, entre bovinos de corte e de leite, suínos e aves e perderam-se 370 caixas de abelhas e 35,5 toneladas de peixe.

Ainda faltam dados de três municípios severamente atingidos: Arroio do Meio, Muçum e Taquari.

Como medidas para o enfrentamento, o presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin, já anunciou a disponibilização de R$ 741 milhões de recursos orçamentários distribuídos em diversas ações. Desse valor, já estão disponíveis R$ 405 milhões, dos quais cerca de R$ 56 milhões serão usados pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) com repasse de cestas de alimentos. Os recursos também serão usados para o fomento rural de apoio aos pequenos produtores com a destinação de R$ 4,6 mil não reembolsáveis.

O secretário adjunto de Política Agrícola, Wilson Vaz, que representa o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), integra a comitiva que está visitando o estado.

Com informações Ascom SDR/RS (Secretaria de Desenvolvimento Rural)

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também