Aberta ao público, Conferência Estadual de Cultura debate políticas públicas para o setor

Secel-MT

Secel-MT

Marcos Vergueiro/Secom-MT

Aberta ao público, Conferência Estadual de Cultura debate políticas públicas para o setor

Encaminhamentos do setor cultural serão levados para a etapa nacional realizada em março de 2024, em Brasília

Mato Grosso é o primeiro estado a realizar a Conferência Estadual de Cultura em 2023, com o objetivo de construir politicas sólidas para o setor. A retomada da quinta edição do evento deve reunir cerca de 400 pessoas para debater e propor políticas públicas para o desenvolvimento cultural no Estado, entre esta terça-feira e quinta-feira (24 a 26.10)

A ação reafirma o compromisso do Estado com a democratização e o acesso à cultura.

“Graças à gestão do governador Mauro Mendes, tivemos investimentos recordes na cultura nos últimos quatro anos. Nosso objetivo é avançar cada vez mais na construção de políticas sólidas para o estado”, destacou o secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso, Jefferson Carvalho Neves, durante a abertura oficial do evento realizada na noite dessa terça-feira (24.10).

O tema deste ano é Democracia e Direito à Cultura, seguindo o direcionamento da Conferência Nacional de Cultura, agendada para o período entre 4 e 8 de março de 2024, em Brasília.

“Andamos por muitos quilômetros, de cidade em cidade, para chegarmos até aqui, dialogando, propondo e construindo para a cultura do estado e também para o Brasil. Não se faz cultura sozinho, se faz cultura no coletivo e toda essa construção fará com que a gente recupere e atualize o Plano Estadual de Cultura, consolidando assim, o Sistema Nacional”, afirmou o presidente do Conselho Estadual de Cultura, Taba.

A Conferência, organizada pela Secel, é aberta ao público e conta com uma programação de palestras, oficinas e encontros dos grupos temáticos em preparação à Conferência Nacional de Cultura. Em Mato Grosso, participam os eleitos nas conferências locais e/ou regionais, gestores públicos municipais e estaduais, além de membros do Conselho Estadual de Cultura.

“Para uma gestão estadual fortalecida é importante fortificar os municípios, porque é na ponta que a cultura acontece. Foi em diálogo com vocês e entendendo essa parceria, que saímos de 24 municípios participando dos nossos programas para um espaço recorde de 119 municípios envolvidos e trabalhando junto com o estado”, ressaltou o secretário adjunto de Cultura, Jan Moura. 

A abertura oficial do evento foi realizada no Hotel Fazenda Mato Grosso, com participação dos representantes dos municípios e autoridades, como o secretário-chefe da Casa Civil Fabio Garcia, o deputado Beto Dois a Um, o vereador por Cuiabá Johnny Everson, além de membros do Ministério da Cultura e da Fiemt.

Programação

25 de outubro

9:30 – 12:00 – Discussões nos Grupos de Trabalho (GTs) – 6 Eixos temáticos
14:00 – 18:00 – Continuidade das discussões nos GTs / Aprovação das propostas na plenária
18:00 – Jantar e Apresentações culturais

26 de outubro

8:00 – 12:00 – Plenária Final / Eleição dos delegados para a 4ª CNC e delegados setoriais/Encerramento

Destaques

Veja Também