4 receitas deliciosas de tapioca para comer no verão

O ingrediente é reconhecido pela versatilidade e sabor neutro que combina com tudo. Além dos tradicionais recheios, é possível também fazer uma enorme variedade de pratos

Do Nordeste para as graças de todo o Brasil: a tapioca conquistou o status de queridinha por meio da versatilidade e garantia de sabor. Apesar de ser um prato simples, outro aspecto que a popularizou, podemos afirmar que a iguaria é base para dezenas de receitas diversificadas que agradam a qualquer paladar.

Extraída do amido da mandioca, a fécula atingiu o patamar de ingrediente tradicional da culinária brasileira, muito devido à possibilidade de adaptação do ingrediente em receitas de doces e salgados, apresentando uma composição mais leve e saudável.

A tapioca não dispõe de glúten em sua composição e é considerada um alimento neutro, sem apresentar sabor (a princípio), acidez ou cheiro. De modo geral, é o acompanhamento que dita os valores nutricionais do prato, que irá variar, evidentemente, de acordo com os aspectos nutritivos de cada recheio.

Para potencializar os benefícios naturais do ingrediente, é recomendado utilizar componentes saudáveis, como folhas, frutas, queijos magros e tomate. Inclusive, a opção é altamente difundida nos meios fitness, uma vez que não contém gorduras gerais, sódio e o já citado glúten, além de não haver a necessidade de utilizar óleo em seu preparo.

Receitas e benefícios

É possível afirmar que a tapioca é uma espécie de célula tronco para a culinária nacional. Sua versatilidade, como apontado, é responsável pela criação das mais variadas receitas, compreendendo gostos e finalidades.

Desde aqueles que buscam uma alternativa ao pão branco, passando por dietas funcionais até o preparo de doces incríveis, a fécula é uma alternativa fenomenal.

Além de estabilizar o ph do corpo, o ingrediente é rico em vitamina K, complexo que auxilia no combate e prevenção do Alzheimer, pois estimula a atividade neuronal do cérebro.

Dentre as inúmeras possibilidades, listamos algumas que demonstram a verdadeira essência versátil do ingrediente que tem a cara do Brasil:

Omelete

A tradicional receita ganha agora cara – e ingrediente – nova. O preparo é rápido (cerca de 10 minutos) e rende uma deliciosa porção.

Para fazer, é necessário apenas de: 3 colheres (sopa) de tapioca; 1 ovo; um fio de azeite; sal e orégano a gosto.

O modo de preparo é simples: em um recipiente médio, misture todos os ingredientes; em seguida, aqueça uma frigideira e coloque o fio de azeite, despejando a mistura após um ou dois minutos; espere a massa dourar, virando-a para que ambos os lados fiquem uniformes. Por fim, adicione o recheio de sua preferência.

Cuscuz

Outra delícia tradicional que pode ser feita à base de tapioca é o africano cuscuz. Para isso, você vai precisar de: 500 gramas de tapioca; 1 litro e 300 ml de água ou leite (a água confere maior maciez); 2 xícaras de açúcar; 1 coco médio ralado e 1 lata de leite condensado.

As instruções são tranquilas: Adicione a tapioca já misturada com o açúcar em uma travessa média; ferva o líquido escolhido (água ou leite) e o despeje sobre o conjunto; ao formar uma pasta coloque metade da porção do coco ralado; tampe a travessa, abafando-a com um pano.

Após o resfriamento completo, acrescente o restante do coco e sirva com leite condensado.

O tempo de preparo gira em torno de meia hora.

Bolinho

Saiba que em menos de uma hora (cerca de 50 minutos) você pode fazer uma receita de bolinho de tapioca que renderá 30 porções.

Os ingredientes necessários são: 1 litro de leite; 500 gramas de tapioca; 3 ovos; 3 colheres (sopa) de margarina; 50 gramas de queijo parmesão ralado e sal a gosto.

Itens selecionados, chegou a hora de colocar a mão na massa: misture a tapioca no leite (levemente morno) e deixe descansar por aproximadamente meia hora, misturando os demais ingredientes logo em seguida; unte uma forma com margarina e farinha de trigo, dispondo sobre ela a massa já dividida em formato de bolinhos (dê um certo espaço entre as porções, uma vez que a massa pode crescer).

Leve a assadeira a um forno preaquecido e deixe por volta de 30 minutos (até os bolinhos dourarem).

Sacolé, geladinho ou chup-chup

Certamente, essa é a receita mais inusitada da listagem: sacolé de tapioca. O popular gelinho também pode ser feito utilizando a fécula como ingrediente diferencial.

Você vai precisar de alguns ingredientes fáceis: 1 litro de leite; 500 gramas de tapioca; 100 gramas de coco ralado ou em flocos; 1 xícara de açúcar e 1 lata de leite condensado.

O modo de preparo é simples: em uma panela misture o leite, a tapioca, o coco e o açúcar, levando-a para cozinhar (mexa constantemente para não grudar a massa no fundo); ao ferver, abaixe o fogo e adicione o leite condensado (mexendo por aproximadamente três minutos).

Após esfriar, disponha a mistura em saquinhos de sacolé e leve ao congelador.