1ª unidade do Corpo de Bombeiros em Santo Antônio de Leverger vai fortalecer combate aos incêndios na região do Pantanal

O prédio da unidade funciona no aeroporto da cidade, possui de 400 metros, banheiros, salas administrativas, estacionamento e uma viatura Auto Rápido

Primeira unidade do Corpo de Bombeiros em Santo Antônio de Leverger - Foto por: Tchelo Figueiredo/Secom-MT

Na véspera do aniversário de 121 anos do município de Santo Antônio de Leverger (distante a 35 km de Cuiabá), a cidade ganha a primeira unidade do Corpo de Bombeiros. A sede foi entregue pelo Governo de Mato Grosso na manhã desta sexta-feira (11.05) e auxiliará no combate aos incêndios florestais na região, assim como nas ocorrências em Barão de Melgaço e nos distritos de São Pedro de Joselândia e Mimoso.

“O Governo está investindo em viaturas, equipamentos e efetivo a ser instalado aqui, por meio do Programa Mais MT. A Prefeitura auxiliou com mobiliário, o setor privado também contribuiu cedendo o prédio – Isso mostra que quando todos convergem para trazer qualidade de vida à população, temos ótimos resultados”, afirmou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alessandro Borges.




Esta entrega é resultado da parceria firmada entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), Prefeitura do Municipal e a iniciativa privada que trabalham para tornar realidade este importante projeto para a região. Cerca de 30 mil moradores serão beneficiados com a nova sede.

“O batalhão é um sonho, principalmente porque Santo Antônio é uma cidade turística. Sempre digo que quando os poderes trabalham em sintonia, as coisas acontecem. Quero agradecer o nosso governador Mauro Mendes, que olhou nossa cidade com carinho, a todo o Corpo de Bombeiros pelo empenho”, ressaltou a prefeita de Santo Antônio Leverger, Francieli Magalhães de Arruda.

O prédio da unidade funciona no aeroporto da cidade, possui de 400 metros, banheiros, quatro salas administrativas, estacionamento e uma viatura Auto Rápido (modelo camioneta), efetivo de 15 militares e equipamentos de busca, salvamento e incêndio com atendimento 24 horas por dia.

“Trata-se de uma parceria público/privada em que o governador Mauro Mendes teve um plano estratégico elaborado para que unidade fosse montada de forma segura e eficiente  Para auxiliar no atendimento, vamos deixar duas aeronaves de combate aos incêndios”, destacou o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

A expansão das unidades do Corpo de Bombeiros é reflexo dos investimentos do Governo do Estado, pois possibilita a estruturação das bases e abertura de outras, além da aquisição de veículos, mobiliário e equipamentos operacionais voltados à prestação de serviços para a sociedade.

“Hoje é um dia histórico para os produtores rurais, pois no ano passado tivemos registros de incêndios que prejudicaram muito toda produção do Pantanal, todo ecossistema.  Ter esta unidade perto é muito significante e uma forma do governo estar presente também”, disse Antônio Carlos Carvalho de Sousa, presidente do Sindicato Rural de Santo Antônio de Leverger.

Também participaram da solenidade os deputados estaduais Elizeu Nascimento, Allan Kardec, Carlos Avallone e vereadores do município de Santo Antônio.

Unidades entregues em 2021

Em fevereiro deste ano, o Governo entregou a nova sede do 1° Pelotão Independente do Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), instalado na porta de entrada do Pantanal, na cidade de Poconé, município a 104 km de Cuiabá.A nova unidade é resultado de ação estratégica criada para atuar no monitoramento e prevenção aos incêndios florestais na região. Foram investidos R$ 2,6 milhões em efetivo, veículos, mobiliário, radiocomunicação, materiais e equipamentos operacionais.

O pelotão possui área de 200 m² e é resultado da parceria entre a Secretaria de Estadual de Segurança Pública (SESP-MT), Prefeitura de Poconé e iniciativa privada.

Serviço

O 2° Pelotão Independente do Corpo de Bombeiros fica localizado no Aeroporto Senador Pinheiros s/n em Santo Antônio de Leverger. O telefone para registro de ocorrências é o 193.