18 Bandidos Mortos | Lira defende operação contra novo cangaço: “Limpeza urbana”

Picture of Midia News

Midia News

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

18 Bandidos Mortos | Lira defende operação contra novo cangaço: “Limpeza urbana”

Compartilhe:

O presidente da Câmara Federal, deputado Arthur Lira (PP-AL), saiu em defesa da operação policial que realizou uma “caçada” a membros da quadrilha que aterrorizou na cidade de Confresa, no início de abril.

“O Brasil precisa ser pacificado. O que aconteceu aqui não foi uma operação policial, foi uma limpeza urbana. Bandido quando não é na cadeia, é no lugar onde essa operação deixou”, afirmou o congressista.

A declaração foi dada na noite dessa quinta-feira (18), durante a abertura da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), em Palmas (TO).

Um grupo de 350 agentes de Mato Grosso, Tocantins e Goiás foram a campo para a captura do bando, que se escondeu em uma região mata no Tocantins. A operação foi desmobilizada nesta semana.

A operação, que durou cerca de 25 dias, resultou na morte de dezoito homens e cinco foram presos – dois por participação direta no ataque e os outros por apoio logístico ao grupo criminoso. 

O ataque

A ação do Novo Cangaço em Confresa aconteceu no dia 9 de abril, quando uma quadrilha com cerca de 20 membros invadiu a cidade para roubar a Brink’s.

Durante a ação, eles entraram na base da PM na cidade e atearam fogo em veículos. Apesar de explodirem artefatos dentro da Brink’s, eles não conseguiram levar o dinheiro.

Em seguida, o bando fugiu para o Tocantins, onde também tem aterrorizado os moradores do Estado vizinho.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp