​Prefeitura prorroga decreto por mais sete dias e vai adotar medidas administrativas severas para quem descumprir


Em reunião na noite desta terça-feira (7) o Comitê de Gestão de Crise aprovou a prorrogação do decreto Nº 9.443 de 31 de março de 2020  e vai encaminhar para a Câmara Projeto de Lei que estabelece medidas Administrativas severas para quem descumprir, que vão desde multa, fechamento e prisão.

O funcionalismo público permanece de férias coletivas por mais sete dias.