Taques libera orçamento que pode garantir Unemat em Rondonópolis

piso salarial dos professores tem reajuste de 6,81%

O governador Pedro Taques (PSDB) garantiu uma verba extra de R$ 70 milhões para desenvolvimento regional da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

A universidade tem um orçamento de R$ 300 milhões, quase 22 mil alunos, sendo 16 mil alunos em cursos presenciais. “A Unemat tem contribuído com o desenvolvimento de Mato Grosso, e precisamos de mais R$ 70 milhões para investimento em laboratório, sala de aula, biblioteca, intercâmbio”, disse o governador.

Do montante, Taques pretende liberar R$ 35 milhões neste ano e o restante em 2018.

A medida pode beneficiar Rondonópolis. Os primeiros curso para a cidade seriam os de computação e letras. As duas qualificaçõesseriam transferidas de Alto Araguaia. O curso de jornalismo, que também funciona em Alto Araguaia deve ser transferido para Tangará da Serra.

A luta pela implantação da Unemat em Rondonópolis é encampada há quase 10 anos. Um dos movimentos mais importantes é o “Unemat Já”, encabeçado pelo vereador Thiago Silva (PMDB).

Há três anos, o parlamentar conseguiu viabilizar instalação do campus em Rondonópolis. Um vestibular chegou a ser anunciado para 25 de maio de 2014, com 150 vagas em três cursos – Letras, Jornalismo e Direito. O concurso não foi realizado.

Recentemente, Thiago Silva conseguiu uma emenda no orçamento da Prefeitura de Rondonópolis para este ano, para instalação da Unemat em Rondonópolis. A emenda é de R$ 500 mil.