Projeto de pesquisa é criado visando melhorias dentro do MT Hemocentro

SES-MT

Após receber de um documento dos servidores do MT Hemocentro, a equipe do Acompanhamento Psicossocial da Gerência de Saúde e Segurança/CADSS/SGP passou a trabalhar na criação de um projeto que atendesse às necessidades e expectativas citadas, estabelecendo a criação de um diagnostico organizacional para a busca dos melhores resultados.

O objetivo da realização desse diagnóstico situacional foi conhecer o nível de satisfação dos servidores e gestores com relação a aspectos importantes de suas condições, organização e processos de trabalho para serem devidamente avaliados e as  intervenções pertinentes plenaejadas, para elevar a satisfação dos mesmos que certamente refletirá na qualidade dos serviços prestados pelo MT-Hemocentro.

De acordo com Vânia Magon Nardelli, psicóloga servidora da Gerência de Saúde e Segurança (GSS), foi criado um projeto de pesquisa para efetivação do diagnóstico situacional do órgão, atendendo uma demanda à equipe de Acompanhamento Psicossocial, proveniente de um grupo de servidores e reafirmada posteriormente pelos gestores do órgão.

A equipe se dirigiu ao Hemocentro e realizou uma reunião para os devidos esclarecimentos, visando também estabelecer um diálogo com os respectivos gestores para a realização de um trabalho que focasse tanto nos servidores como na instituição.

“O diagnóstico situacional, ou também chamado de organizacional, é o resultado de um processo de coleta, tratamento e análise de dados, provenientes das pessoas que atuam no ambiente onde serão aplicadas as ações definidas após esse diagnóstico”, explica Vânia.

Após a reunião, foi proposto um conjunto de ações envolvendo uma pesquisa para conhecimento da realidade do ambiente de trabalho como rotinas, riscos, necessidades, expectativas, entre outros, visando uma melhoria contínua dentro do órgão por meio da participação dos servidores e gestores como elementos de diagnóstico e de possível solução das deficiências identificadas.

Para tanto, foi aplicado um questionário, baseado na interrogação direta de pessoas sobre os seguintes assuntos no trabalho: organização; relações; higiene e segurança; condições de saúde e práticas de gestão de pessoas, que possibilitou a sistematização dos dados em tabelas e gráficos. Estes dados são essenciais para subsidiar o planejamento de ações que vão estão sendo elaboradas nas reuniões semanais do Grupo de Trabalho (GT), compostos de representantes dos servidores e gestores do órgão com as técnicas da GSS.

No momento, a equipe de Acompanhamento Psicossocial – GSS se encontra no processo de devolução dos resultados, o que  possibilitou perceber que houve grande contribuição por parte dos servidores, proporcionando assim novas visões sobre a realidade já conhecida e reconhecida toda a sua complexidade.

Esse processo metodológico já está possibilitando a produção e encaminhamento de projetos imprescindíveis à instituição que contemplam uma nova perspectiva de organização de trabalho e de processos almejada como fundamental neste momento.