Polícia Civil prende cinco por roubo de carnes de frigorífico em MT

Polícia Civil prende cinco por roubo de carnes de frigorífico

Cinco criminosos envolvidos no roubo de três toneladas de cortes de carnes nobres foram presos pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG), da Polícia Judiciária Civil, na noite de terça-feira (12.02). Parte da mercadoria subtraída foi recuperada.

A ação desencadeada logo após o roubo de um frigorífico prendeu, em menos de 24 horas, R.J.M.F., F.J.O.M., C.H.S.S., G.S.X., M.R.N. Todos foram autuados em flagrante por associação criminosa armada, roubo majorado mediante emprego de arma de fogo, concurso de pessoas e receptação.

Outros três suspeitos estão sendo procurados.

O roubo ocorreu na noite de segunda-feira (11.02). Quatro homens, portando arma de fogo, pularam o muro do frigorífico, no bairro Alameda, em Várzea Grande, e renderam funcionários da empresa. Os assaltantes estavam em uma caminhonete D-40, que foi utilizada para carregar mercadoria da empresa. Aproximadamente três toneladas de carne de cortes nobre foram roubadas, além de aparelhos de televisão e um automóvel Gol, que acabou sendo abandonado.

Após tomar conhecimento do roubo, as equipes da Derf Várzea Grande iniciaram as investigações visando a identificação dos integrantes da associação criminosa e esclarecimento do crime. Com base nos primeiros levantamentos, os investigadores conseguiram identificar os suspeitos, que foram seguramente reconhecidos pelas vítimas como autores do roubo através do arquivo fotográfico da delegacia.

Os cinco que foram presos até agora integram uma quadrilha, liderada pelos três que estão foragidos. Os líderes planejaram e coordenaram as ações, não atuando na linha de frente, ou seja, não apareceram nos locais de crime. Um deles utiliza uma padaria como fachada para guardar produtos roubados.

Um dos presos possui experiência no ramo de açougue e foi o responsável pela orientação quanto a logística de armazenamento e venda dos cortes de carnes nobres roubados. Outros dois, um casal, ficaram responsáveis por guardar os produtos levados. Na residência deles os policiais civis recuperaram 13 quilos de carne.

Durante monitoramento nas proximidades do estabelecimento de fachada, as equipes visualizaram dois dos suspeitos, um deles com tornozeleira eletrônica, em atitudes duvidosas. Os investigadores entraram na mercearia e localizaram o freezer repleto de cortes de carnes roubadas do frigorífico. No local também foram apreendidas várias caixas vazias, indicando que alguns produtos já tinham sido vendidos.

Nas casas de dois dos foragidos foram encontradas a caminhonete utilizada no crime e os televisores roubados.