No mês da consciência negra, Unegro reforça luta pela igualdade

No mês da cosnciência negra, Unegro reforça luta pela igualdade
Luzia Nascimento na abertura da Semana da Consciência Negra de 2017, em Rondonópolis
O mês de novembro é um marco na luta contra a discriminação racial no Brasil, porque reverencia a morte do líder negro Zumbi dos Palmares, morto no dia 20 de novembro de 1.695.
Ele se destacou na luta contra a escravização do povo negro bem antes da chamada abolição  dos escravos, ocorrida em 1.888.
“O tempo passou mas, infelizmente, grande parcela da população negra vive em condições sub-humanas, quase que semelhantes ao período escravocrata”. afirma Luzia Aparecida do Nascimento, presidente da União de Negro e Negras pela Igualdade (Unegro), de Rondonópolis.
Luzia defende um envolvimento das pessoas que se afirmam como consciente e cidadãs na luta pela igualdade racial, uma vez que todos os indicadores sociais ainda mostram uma triste realidade em relação aos homens e mulheres negras.
O mapa da desigualdade mostra que os negros e pardos representam 54% da população brasileira, mas sua participação no grupo dos 10% mais pobres é muito maior, mais de 75%.
“Essa desigualdade só será diminuída quando o negro tiver, de fato,  mais oportunidades de acesso a educação e ao trabalho, bases da dignidade humana”, pondera a presidente.
LUTA EM RONDONÓPOLIS
A presidente da Unegro Pantanal Rondonópolis  destaca a programação da Semana da Consciência Negra em Rondonópolis, que neste ano será de 18 a 25 de novembro e será coordenado pela Prefeitura por intermédio da Secretaria de Cultura.
Além das atividades nesse período, a luta pela igualdade marca ainda dois eventos importantes. Neste dia 10 acontece o encontro regional de mulheres negras, a partir das 14h, no auditório da Secretaria de Educação, sendo que no período de 26 a 30 ocorre um curso de formação étnico racial, também na Educação.
No dia 20, as atividades principais da Semana da Consciência Negra de Rondonópolis serão o encontro de religiões de matrizes africanas, a partir das 7h; 18h, missa afro na igreja do bairro Padre Rodolfo; e às 20h, concurso da Beleza Negra, na Vila Operária.
No dia 23 a Unegro está programando a vinda do secretário nacional da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo.
A agenda marca café da manhã com ativistas do movimento negro, roda de conversa, visitas ao prefeito, vice, vereadores e lideranças e contato com a imprensa. No período da noite, a direção da Unegro programa evento social para homenagear o secretário nacional e personalidades locais.