Musa do Esporte Clube Bahia, Joilma Santos é a única negra no concurso

Gilmar Souza / M2 Mídia

A empresária baiana, Joilma Santos, chegou ao concurso Musa do Brasileirão trazendo toda a sua negritude e beleza. Natural de Salvador, Joilma é a única negra na disputa.

Mas não foi só a paixão pelo Esporte Clube Bahia que a fez participar do concurso. A gata também foi inspirada pelos títulos de Raissa Santana e Monalysa Alcântara no Miss Brasil de 2016 e 2017, respectivamente.

“Para mim foi muito inspirador ver o título da Raissa, quebrando um tabu de 30 anos sem uma Miss Brasil negra. Passei a acompanhar mais o universo dos concursos de beleza”.

“Assistir a vitória da Monalysa Alcântara no ano seguinte para mim se resumiu em uma palavra: orgulho! Foi uma confirmação de que as negras podem e devem representar a beleza do nosso país. Estar representando o Bahia tem muito a ver com esse orgulho”, conta.

Em preparação para o desfile final que elegerá a Musa do Brasileirão 2018, Joilma vem seguindo uma rotina puxada nas últimas semanas.

“Passei de 3 treinos semanais na academia para 6. No meu único dia fora da academia, procuro sempre compensar fazendo um treino ao ar livre mais light. Os procedimentos estéticos também são minha paixão. Minha massagem modeladora é quase um ritual”, revela.

Sobre o título, Joilma diz que todo o seu esforço tem uma dedicação especial. “Quero vencer o concurso em nome de todas as negras que assim como eu, sofrem preconceito, direta ou indiretamente, no nosso país”.

“No próximo dia 20 comemoramos o Dia Nacional da Consciência Negra. Por coincidência, também será meu aniversário. Quero aproveitar toda essa energia maravilhosa e seguir rumo ao título. Vou dar tudo de mim no dia da final”.