Médico acusado de abusar de pacientes é preso em hospital de MT

0

Um médico peruano procurado pela Justiça por abusar de pacientes foi preso nessa quinta-feira (26) no Hospital Municipal de Colniza, a 1.065 km de Cuiabá.

Segundo a Polícia Civil, Homero Reynaldo Ordonez Ramos, de 53 anos, foi condenado pelos crimes que foram cometidos em Rondônia.

Homero foi encontrado no hospital depois que a polícia recebeu uma denúncia. A informação era que um médico atendia no local, prestando serviços clínicos, e tinha um mandado de prisão em aberto, decretado pela Justiça de São Paulo. Ele foi condenado a cumprir seis anos de prisão.

De acordo com a Polícia Civil, ele prestava serviços no hospital municipal e em um hospital particular. O médico morava na cidade há duas semanas.

As vítimas eram abusadas enquanto estavas sedadas. Os primeiros abusos ocorreram na cidade de Buritis, em Rondônia. Depois desses crimes, Homero se mudou para Araras, em São Paulo.

A prisão dele estava decretada pelo juiz Rafael Pavan de Moraes Filgueira, da comarca de Araras. Desde então era considerado foragido pela Justiça. Na mesma decisão o magistrado havia decretado a suspensão do exercício médico do acusado.