Ladrão que não sabia nadar morre afogado em MT após carro roubado no RS cair em lago durante perseguição

Carro roubado no RS caiu em área alagada durante fuga de assaltantes (Foto: PRF-MT/ Divulgação)

Um rapaz de 22 anos morreu afogado depois de um acidente ocorrido nesta quarta-feira (16) durante perseguição policial na BR-174, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, na região de fronteira com a Bolívia. Ele estava no banco do passageiro de um HB20, com registro de roubo em Porto Alegre, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Eles fugiram após serem abordados pela PRF quando estavam parados com o carro no acostamento e então começou a perseguição. A polícia os seguiram por cerca de 30 km, até que o carro saiu da pista, caindo em uma área alagada, às margens da rodovia.

O Corpo de Bombeiros foi chamado para socorrê-los. O o passageiro morreu afogado e o corpo foi encaminhado à Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). Conforme a PRF, o rapaz não sabia nadar.

O veículo foi retirado do local e encaminhado ao posto policial de Cáceres, onde foi constatado que as placas eram clonadas e que o automóvel tinha sido roubado em Porto Alegre no dia 4 de março deste ano.

Dentro do veículo, a polícia encontrou equipamentos e ferramentas, que, na avaliação da PRF, seriam utilizados para arrombamento a caixas eletrônicos.

O motorista do carro, de 21 anos, foi preso. Outros dois homens, de 27 e 36 anos, que estavam em outro veículo, próximos aos dois suspeitos de roubo ou receptação.

O caso foi encaminhado à Delegacia Especial de Fronteira (Defron) para investigação.