Hip-Hop Contra as Drogas chega a 4° edição nesta sexta-feira

Com apoio da Secretaria de Estado de Cultura, o “Hip Hop Combate as drogas” chega a sua 4ª edição nesta sexta-feira (25.05). Com atividades durante todo o dia, o evento traz intervenções culturais de poesia, DJ’s, MC’s, grafitagem e break e shows.

O evento tem como principal meta discutir a conscientização dos usuários de drogas no Beco do Candeeiro e Morro da Luz, além de sensibilizar e conscientizar os comerciantes da região e a sociedade sobre a dependência química como um problema de saúde pública.

Os shows ocorrem a partir das 18h, na praça Senhor dos Passos, no Beco do Candeeiro. Os rappers Conduta do Gueto, Azul e Jonathan, além dos Djs Alexandre e Spinha, serão as atrações, o público poderá interagir com intervenções e poesia, como de costume.

Durante o dia, os moradores também recebem banho solidário e sopão, que é o momento em que a mensagem será levada ao usuário de droga por uma equipe que conta com voluntários e profissionais da área de dependência química.

A ação apresenta frentes de trabalho diversas: Comunidades terapêuticas que disponibilizam vagas sociais; profissionais de saúde conscientizam sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST’s); a Associação Mato-grossense de Skate traz alimentos; uma comissão de profissionais de saúde na abordagem de dependentes em situação de rua para que aceitem a internação imediata.

“Nas edições anteriores do evento obtivemos resultados positivos referentes às internações dos indivíduos abordados nas ruas, assim como da possibilidade de dialogar com a população. É importante saber que estas pessoas estão nesta condição não por uma questão moral e sim portadores de uma doença chamada adicção”, conta o idealizador do projeto, Raul Lázaro.

Este é um evento social realizado pelo “Núcleo HiP Hop Em Ação”, organizado por um coletivo que utiliza a cultura urbana para dialogar sobre pessoas que estão em situação de rua, e pelo Instituto Cultural América (Inca). Além do patrocínio da Secretaria de Estado de Cultura o projeto tem parceria institucional da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.